Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

11
Ago17

Talvez os conheças (People You May Know) | +Filme

People You May Know_1.jpg

 

Para ver neste fim de semana que está agora prestes a começar, porque não aceitarem uma nova sugestão de cinema em casa? Sugestão essa que até é fácil de encontrar, pois o filme em causa, faz parte do catalogo de filmes disponibilizados pelo Netflix. Por isso, se és agarrado ao Netflix (que é o meu caso!) e não sabes o que ver nos próximos dias, aqui fica o nome do filme para rapidamente colocares ele na tua lista: “PEOPLE YOU MAY KNOW”.

 

People You May Know_2.jpg

 

Em português vais encontra-lo com o nome de “Talvez os conheças” e o filme é realizado por J.C. Falcón. Trata-se de uma comédia dramática, que apesar de não ser nada por ali além, o filme até consegue ser interessante, é real nos assuntos que aborda e é capaz de merecer a vossa atenção. É um filme de temática gay, que pode até nem ter muitas cenas de sexo e nudez, mas o filme está muito bem conseguido e o trio de protagonistas convence. O filme acompanha a história de três grandes amigos de longa data. Temos o Joe, um escritor que não tem muita sorte no amor, que no passado chegou a namorar com aquela que hoje é a sua melhor amiga, mas hoje, é um gay que vive apaixonado por um homem que vive apenas no mundo da internet. Aquela que no passado foi sua namorada, é a Delia. É casada com um espanhol, ama o seu marido, mas não chega a conseguir a felicidade plena, pois o seu marido não a consegue engravidar. Para concluir o trio de amigos, temos o Herbert. Ele é um romântico que nunca teve muita sorte no amor, e ao contrário de Joe, que sempre que quer, sacia a sua vontade com homens estranhos que encontra pelas apps de engate, Herbert, espera é encontrar o homem da sua vida e com ele casar e viver feliz para sempre, apesar deste estar constantemente agarrado ao trabalho. A vida desses três amigos irá mudar por completo, quando numa noite, Joe e Delia acabam por ter um deslize e como resultado desse deslize, Delia acaba grávida do seu melhor amigo gay. A sua vontade de ser mãe é tão grande que isso vai acabar por não só por em causa o seu casamento, como ainda, a relação de amizade com Joe. Joe esse que vive atormentado com um homem que conhece através da net, que ama-o perdidamente, tem sonhos com ele, que deseja acima de tudo conhece-lo pessoalmente, mas que acaba por ter uma grande desilusão ao descobrir mais tarde que o homem com quem ele falou pela internet durante muito tempo, não é afinal o homem que ele esperava. E depois, há ainda o Herbert, que assim sem mais nem menos, irá ver também a sua vida mudar, ao encontrar aquelo que poderá ser o homem que ele sempre esperou para si.

 

People You May Know_poster.jpg

 

O filme na verdade pode até não ter uma história original, mas é engraçado. Não no sentido de rir às gargalhadas, mas vale a pena. Acho que pode vir a ser uma boa sugestão para ver em casa e em família, apesar do filme contar assim com uma cena um pouco mais chocante, mas que não será nada de especial…

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Os meus blogs

Calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.