Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

05
Ago17

Ninguém disse que iria ser fácil, pois não?

No seguimento deste post, só vos digo uma coisa: tem sido difícil, muito difícil! Há dias em que eu acordo e sinto que tenho vontade de comer este mundo e mais um outro. E não é porque esteja a morrer de fome, não! Eu até tenho ficado satisfeito com o que tenho comido – praticamente de duas em duas horas. O problema é que sinto sempre que falta algo. Algo doce, algo mais salgado, algo mais saboroso, enfim…

 

Esta semana tenho cumprido à risca o meu plano de treino, como também o plano alimentar. Coloquei um cartaz há porta do meu frigorifico com indicações daquilo que irei comer ao longo da semana e dentro dele, não há nada que não era suposto estar. Está apenas o básico e o essencial para seguir à regra o plano alimentar. Não há margens para cair em tentação e eu até tenho sido um bom menino. Acordo e vou ao ginásio, mato-me lá dentro e depois, vou apenas comendo coisas boas, saudáveis, dando prioridade a saladas e legumes, bebendo água, chás, mas há dias em que sinto falta de um bom chocolate Milka, de um gelado Häagen-Dazs de chocolate belga, que eu adoro!, e pior, sinto falta de uma boa pizza, de um bom hambúrguer cheio de molhos e batatas fritas, de uma lasanha bem rica, ai, ai, ai… Está a ser mesmo difícil! Mas não vou desistir! Já lá vão seis dias de intenso regime e vai ser para continuar…

02
Ago17

119,2 motivos para mudar os meus hábitos...

Na sexta-feira passada, lá fui eu a uma nova consulta de nutrição. Às vezes pode não parecer, mas eu continuo com essa minha luta constante de perder peso. É bem verdade que ultimamente tenho tido alguma preguiça para ir ao ginásio, e no que diz respeito à alimentação, ela tem sido péssima. Tenho me comportado muito mal e por isso, como já seria de se esperar, levei nas orelhas. Bem! Apesar do meu mau comportamento nestas últimas semanas, a verdade é que a nutricionista foi bastante amável comigo. Amável, atenciosa e esteve disposta a ouvir os meus dilemas. E o mais importante, é que ela me deu força, coragem, motivação para conseguir atingir os meus objetivos. É claro que quando saí da consulta, tinha a perfeita noção de que apesar de toda a motivação que ela me transmitiu, eu sabia que agora, só dependia de mim para continuar com essa motivação. E sim! Posso desde já dizer que continuo motivado. Não sei o que é que mudou em mim, mas acho que finalmente se fez um click na minha cabeça e acordei para a realidade. Uma realidade que me diz claramente, que eu não posso continuar com estes constantes maus hábitos. Tenho que mudar! É urgente mudar!

 

Há cerca de uns quatro anos atrás, eu estava a pesar 135kg. É demais eu sei! Até devia ter vergonha de o dizer. Mas sim, eu pesava tudo aquilo. No entanto, há cerca de um ano atrás eu consegui perder 20kg e essa perda deixou-me super animado. Fiquei nos 115 durante um longo período de tempo até que, por várias circunstancias da vida, comecei a ganhar peso novamente, apesar de estar a frequentar um ginásio. E há umas semanas atrás já estava com 117 e agora, quando fui à balança na sexta-feira passada, já estava com 119kg. Meu Deus! Preciso mudar isso urgentemente. Só a ideia de achar que posso em breve voltar aos 135, faz com que eu costure a minha boca e volte aos exercícios diários. Não quero voltar a ser o eu de antigamente e por isso, fiz um trato comigo mesmo. Entrei em acordo com o meu eu interior e decidi que muita coisa tinha que mudar. Muita coisa terá mesmo que mudar e eu estou com os níveis de motivação ao máximo, confiante de que eu irei conseguir.

 

E para conseguir atingir os meus objetivos – e chegar a um peso com apenas duas casas decimais – isso só irá depender de mim. A partir de agora, terei que ser mais forte, resistir às tentações e deixar de ser preguiçoso. Sei que vai ser difícil, mas sei também que vou conseguir. Conseguir acordar cedo todas as manhas para ir ao ginásio e conseguir ainda, seguir à regra, o plano alimentar que a nutricionista traçou para mim. Sei que vai haver dias em que não me irá apetecer nada sofrer no ginásio e alimentar-me com coisas saudáveis, mas quando esses dias chegarem, vou ter um único pensamento na cabeça: os 119,2kg. Esse é o número que irá estar presente na minha cabeça, o número que dia a dia irá dar-me força para continuar com essa luta constante da perda de peso. E eu quando vou à luta, nunca vou para perder…

21
Jun17

Experiências gastronómicas: Queijo Quark

82-queijo-quark-1.jpg

 

Há umas semanas atrás, fui a uma consulta de nutrição oferecida pelo ginásio que eu frequento. Por ser oferecida, não estava muito confiante em relação à consulta, mas acabei por ir, na tentativa de conseguir ajuda a melhorar os meus hábitos alimentares. Numa primeira consulta, a doutora encheu-me de perguntas, para saber aquilo que eu gostava ou não gostava de comer. Para saber quais os meus hábitos alimentares, para ir à balança e estipular objetivos. Depois do interrogatório, agendamos uma nova data, para ir lá buscar o plano de alimentação e foi o que fiz. E com este artigo, não vou ficar por aqui a falar detalhadamente desse plano que aviso desde já não estar a seguir com todo o rigor necessário, irei sim falar-vos de algo que a doutora sugeriu que eu passasse a comer e por isso, aqui vai mais um episódio das minhas experiências gastronómicas.

 

Eu não sou fã do leite. Se tiver que fugir a ele, eu fujo! Odeio leite (de vaca) e muito raramente, só mesmo quando não tenho outras hipóteses, é que recorro ao leite, mas só se for magro. E já tentei beber outros leites – de origem não animal – mas cheguei à conclusão de que também não sou muito fã. No entanto, de há uns tempos para cá, tornei-me fã do Iogurte Grego, aquele mesmo natural e que se vende em embalagens de 1 litro. Para o meu pequeno almoço eu já não dispenso duas colherzinhas de Iogurte Grego com granola e fico satisfeito com isso. Mas, com essa ida à nutricionista, fui recomendado a deixar de lado o Iogurte Grego (por ser mais gordo) e optar por uma solução mais saudável. Solução essa que passa por trocar o Grego pelo QUEIJO QUARK. E o que é que eu tenho a dizer em relação ao Queijo Quark?! É simples! E em uma só palavra eu digo: ODEIO!

 

20170418_120809.jpg

 

Sim! A minha experiência com o Queijo Quark não foi das melhores. Eu, aceitando a sugestão da nutricionista, lá acabei por comprar uma embalagem do queijo (da marca que se vê na imagem) e achando que ia gostar, pois eu acho que já aqui disse uma vez que sou um verdadeiro fã de queijo, experimentei o queijo de diversas formas, mas não dá! Não dá mesmo para comer. Odiei o seu sabor, odiei a sua textura e acreditem ou não, tive que jogar a embalagem no lixo com o queijo ainda a meio, pois aquilo não só foi odiado por mim, como também foi odiado pelas pessoas que vivem comigo. Ninguém gostou! Experimentei com a granola, experimentei sozinho, experimentei com uma tosta, com aquelas tostas de milho e em todas as formas, aquilo tinha sempre um sabor horrível. Um sabor azedo, um sabor a podre e tive mesmo que espreitar várias vezes a embalagem para ver se ainda estava dentro do prazo. Mas estava! E a verdade é que aquilo era horrível. Conclusão: desisti do queijo quark, mantive-me com o grego e se por causa disso eu não vou conseguir perder os quilos indesejados, então vou mesmo é ficar com esses quilinhos a mais.

 

E à semelhança do que aconteceu com o Tofu, que numa primeira experiência eu odiei e numa segunda eu já achei razoável, eu agora fico a pensar, será que com o Queijo Quark o mesmo pode acontecer? É que essa primeira experiência foi horrível. Só de pensar dá-me vontade de vomitar, pois vem-me aquele sabor amargo para a boca, mas… será que devo dar uma nova oportunidade ao queijo? Será que existe por aqui alguém que seja fã do queijo quark e consiga desafiar-me a experimentar novamente? Vou ficar à espera dos vossos comentários.

 

E, entretanto, para quem desconhece por completo o que é o Queijo Quark, aqui fica o link para a Wikipédia da vida, para saberem um pouco mais sobre esse tipo de queijo fresco, que ao que parece, está muito na moda…

Os meus blogs

Calendário

Fevereiro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.