Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

19
Jun17

O dia em que vi o Isaac Alfaiate nu...

A partir de hoje vou dar inicio a uma nova secção do blog, a qual eu resolvi dar o nome de EPISÓDIOS DA VIDA. E como nisso, não me apeteceu ser nada original, tal como o próprio o nome da secção indica, eu vou aqui contar alguns episódios, caricatos ou não, que eu já tive ao longo desta minha vida de 36 anos. Espero que gostem e que no final, partilhem vocês mesmo os vossos episódios.

 

Há uns dias atrás, partilhei com vocês, a maravilhosa noticia de que, estou a frequentar o mesmo ginásio que o ator Isaac Alfaiate e que por isso, vejo-o com alguma frequência. Na altura, prometi contar-vos um episódio que já tive com ele no passado e por isso, cá estou eu para vos contar esse tal episódio.

 

Antes de frequentar esse novo ginásio, que tenho a sorte de ficar mesmo em frente à minha casa, eu há uns anos atrás era sócio do Holmes Place de Alvalade. Como trabalhava ali próximo, antes do trabalho eu parava algum tempo no ginásio, sempre na esperança de perder os tais quilos indesejados. Naquele ginásio, muitos eram os artistas que por ali passavam, mas aqueles que mais me chamaram a atenção, foi o cantor/apresentador Kapinha e ainda, o jovem ator Isaac Alfaiate, por quem na altura, eu era simplesmente apaixonado por ele. Sentia-me atraído por ele em todos os sentidos e por isso, quando o vi no mesmo ginásio que eu, fiquei de queixo caído. Acho que só não fiquei a babar por ele, porque não convinha. Afinal de contas, o ginásio estava cheio e fazer figuras de parvo não era comigo. No entanto, ao longo de todo o treino, não consegui desviar o meu olhar. O homem era lindo e apesar de na altura não ter um corpo tão trabalhado como o que tem agora, o corpo dele era na mesma delicioso. Naquele instante, tive inúmeras fantasias sexuais a passar pela minha cabeça e como ainda era bem mais jovem, eu devia ter por aí uns 27 anos, qualquer coisinha era o suficiente para me deixar excitado. Por isso, naquele dia, resolvi dizer adeus a passadeira mais cedo e não aguentado de tanta excitação e de não poder tocar naquele corpo que estava a poucos metros de distancia de mim, fugi para os balneários. Não para fazer aquilo que provavelmente estão agora a pensar, mas sim para me trancar no banho turco e tentar esquecer que tinha visto o meu ídolo da altura. Mas decididamente não foi a melhor coisa que fiz.

 

Passado um tempo, quando andava já a derreter no banho turco, adivinhem só, quem é que também entrou no banho turco? Sim! Foi mesmo ele! Sem que eu estivesse à espera, o Isaac Alfaiate entra no banho turco, senta-se bem à minha frente e deixa-se ficar relaxado para meu delírio total. Ao contrário de homens, que eu já tinha visto entrarem lá dentro sem qualquer coisa a tapar o sexo, o Isaac quis ser reservado, e entrou lá dentro de cuecas. Mas mesmo ele estando de cuecas, aquela imagem era o suficiente para eu não aguentar mais. Faltou pouco para eu saltar para cima dele e antes mesmo que ele se apercebesse que eu já começava ali a ficar com uma enorme ereção, optei uma vez mais por fugir. Precisava fugir dali, tomar um banho gelado e apagar de vez aquela imagem, de ter o maravilhoso Isaac Alfaiate, só de cueca bem justa, deixando pouco para a imaginação, ali, sentado à minha frente, à minha mercê. Aquilo foi demais para mim!

 

Já no duche, tentei livrar-me de todos os meus pensamentos sujos, mas por momentos, fiquei a achar que o Isaac andava a perseguir-me, pois logo depois, ele mesmo, volta a estar à minha frente, no duche, para também ele tomar banho. Quando percebi que ele estava ali à minha frente a entrar na cabine, achei mesmo que iria morrer ali de tanta excitação. Achei: é agora! É agora que ele irá tirar aquela cueca e mostrar-me tudo, mas… isso não aconteceu. Talvez achando que ele sim, ele é que estava a ser perseguido por mim, o Isaac optou por não tirar a cueca e tomou um duche assim mesmo. Não quis fazer a vontade de me deixar vê-lo, tal e qual como ele veio ao mundo, e da forma como eu tanto ansiava ver. Tarado como eu era (e ainda sou), naquele instante eu dava tudo para ver o seu glorioso pénis, mas não tive essa sorte. Infelizmente ele foi tímido e não me fez a vontade. E depois daquele dia, nunca mais voltei a vê-lo no ginásio.

 

Voltei a vê-lo sim, anos mais tarde, próximo da minha casa, pois percebi que ele morava nas redondezas. E se para os que acham, que agora que ele frequenta novamente o mesmo ginásio que eu, eu terei mais sorte com ele nos balneários, desculpem desiludir-vos, mas não! Eu não tenho tido sorte nenhuma! O homem não para nos balneários. Ele chega ao ginásio já equipado, faz o seu treino e depois, equipado da mesma forma, vai-se embora assim, sem mais nem menos. Dá apenas o ar da sua graça e deixa as meninas de lá e também alguns meninos, a suspirarem por ele.

 

Enfim! Este é um episódio da vida que podia ter tido um desfecho diferente, tipo um orgasmo colossal, se o tivesse visto completamente nu, mas como isso não aconteceu, resta-me apenas continuar a imaginar como será… aquilo!!

15
Jun17

Um ponto final na história com o meu personal trainer...

Nunca mais falei dele, mas hoje resolvi pegar no assunto, só mesmo para concluir esse capitulo da minha vida. Eu já aqui falei algumas vezes, que me apaixonei pelo meu personal trainer. Isso talvez seja um cliché, mas o que é que eu posso fazer? Não sou de ferro! E perante um homem lindo como ele é, que tem uns olhos que enfeitiça, um sorriso maravilhoso, uma mão tão suave e forte e um corpo que… é um corpo dos deuses! E depois, a aliar-se a tudo isso, o homem é super simpático, é super querido, é uma ternura! Às vezes, chego a pensar que ele só é assim comigo, pois eu todos os meses ajudo a encher a sua conta bancária, mas não! Acho que ele é mesmo querido por natureza. Tão querido, que mesmo sem que ele saiba, enche o meu coração cheio de amor. Um dia sem ele, é um dia sem sabor. Um dia com ele, é um dia cheio de sorrisos e alegrias, mas… ele é casado! É feliz no casamento e em breve, será pai pela primeira vez. Pois é! Mais uma vez cometi a loucura de apaixonar-me por um homem hétero.

 

Comigo isso já se tornou um hábito! Ao longo da minha vida, muitas foram as vezes que me apaixonei por homens heterossexuais. Mas se em tempos, eu sofria horrores por causa disso, ficava noites e noites sem dormir, chorava rios, mares, um oceano inteiro. Hoje, com a idade que tenho e com tudo aquilo que já passei, cheguei à conclusão de que não vale a pena sofrer por isso. Já não tenho vontade nem tempo para ficar por aí a chorar. E ficar noites sem dormir por causa de amores não correspondidos, não!! Já não sou disso! Prefiro dormir e não pensar em nada. Prefiro manter o amor cá dentro e não sofrer por isso. É sempre mais fácil acordar assim todas as manhas. Claro que gostava que as coisas fossem diferentes, mas já que não são, porque não aproveitar a sua simpatia, o seu sorriso, a sua disponibilidade em ajudar? Ele é um querido! E mesmo eu tendo a certeza de que ele sabe que eu sou gay, ele continua a ser sempre um querido. Por isso, chega de alimentar falsas esperanças. Chega de falar deste meu PT a partir de hoje mesmo...

13
Jun17

Aulas de grupo no ginásio...

Quando aderi ao ginásio, no passado mês de fevereiro, aderi ao pacote completo a um ótimo preço. Por 6,20€ por semana, podia aproveitar todas as áreas do ginásio quando quisesse e a qualquer hora e podia ainda, participar em qualquer aula de grupo. No entanto, apesar de ir ao ginásio com frequência, apesar de ter ficado apaixonado pelo meu personal trainer, apesar de achar que ando a matar-me lá dentro, a verdade é que sempre andei a fugir das aulas de grupo. Achei que aquilo não combinava comigo, que não tinha a energia suficiente (seja física ou psicológica) para frequentar essas aulas, que por sinal, são sempre muito concorridas. Mas meus caros amigos, isso agora mudou! Pois é! Este mês lá ganhei coragem e sim, já frequento algumas aulas de grupo mas…

 

Conhecem a modalidade de BodyAttack? Pois bem! Essa é a modalidade que resolvi experimentar este mês no ginásio. Já frequentei algumas aulas e tenho que admitir que aquilo até é super divertido. No inicio até achei que iria fazer figura de parvo, pois não iria conseguir seguir todos os passos, mas um minuto depois do inicio da aula, essas paranoias desapareceram da minha cabeça, pois até o mais bombado, o mais trabalhado que ali está, também erra. E no fundo, ninguém está ali para ser perfeito. É normal errar, é normal estarmos todos desalinhados, pois o importante mesmo é divertir, livrarmo-nos do stresse e perdermos algumas calorias. Eu confesso que tenho adorado e tenho até ficado surpreendido comigo mesmo por conseguir fazer aquelas coisas, mas também é verdade que tenho andado todo partido por causa de tantos agachamentos, de tantas flexões, abdominais e companhia. Ando morto! Cheio de dores no corpo mas… tenho gostado!

 

E vocês? O que mais fazem no ginásio? Será que me sugerem mais alguma aula de grupo?

04
Jun17

...e não é que ele frequenta mesmo o ginásio onde eu vou treinar??

Dia após dias, lá tenho ido eu ao ginásio, na luta constante de perder peso. Bem! Acho que hoje em dia vou é mesmo para ter uma vida mais ativa. Para estar menos tempo sentado no sofá a ver TV e para praticar mais exercício físico que é importante para a saúde. Mas isso agora não é importante. Importante mesmo é partilhar com vocês algo, que eu tenho a certeza que vai gerar uma certa inveja entre alguns de vocês. Sabem com quem é que eu tenho treinado com alguma frequência no ginásio? Já aqui tinha partilhado com vocês, há uns tempos atrás, que o ator António Camelier, frequentava o mesmo ginásio que eu (se bem que nunca mais o vi por lá). Na altura, na brincadeira, até disse que não me importava nada se o ator ISAAC ALFAIATE frequentasse também o mesmo ginásio que eu e… não é que ele frequenta mesmo o ginásio onde eu vou treinar?? Sim! O podre de bom do Isaac vai treinar no mesmo local que eu e felizmente, eu já tive a sorte de o ver várias vezes, de cruzar-me várias vezes com ele e de suspirar vezes sem conta por causa dele. O homem é mesmo lindo! Lindo de morrer…

 

14033524_997482137035596_867412982_n.jpg

 

Imagino agora que alguns de vocês devem estar a roerem-se de inveja, mas… a sorte não é para todos! E talvez, felizmente nisso eu tenho um pouco de sorte. Agora só me falta mesmo ver o Pedro Teixeira, ou até mesmo o Lourenço Ortigão para eu ficar feliz da vida.

 

14712168_915450235251838_883211117629800448_n.jpg

IsaacAlfaiate-CelsoColaco-GQPortugal-HLP1.jpg

 

Ah! E em relação ao Isaac Alfaiate, tenho um episódio do passado para partilhar com vocês, mas em relação a isso, irá ficar para uma próxima vez…

22
Mar17

O rabo do meu Personal Trainer

Nos últimos dias falei-vos da minha nova paixão. Eu já tinha prometido a mim mesmo de que nunca mais voltaria a cair nesse mesmo erro: apaixonar-me! Ainda por cima apaixonar-me novamente por um heterossexual. Bem! Na verdade, eu nem sei se o Tiago (o meu Personal Trainer) é hétero. Pode até ser gay, mas essas coisas não dá para perceber. Pelo menos eu não consigo pois o meu gaydar está sempre avariado de todo. Mas sinceramente também não tenho 100% de certeza de que ele seja hétero. Enfim! Seja lá o que ele for, a verdade é que eu não devia, eu não podia voltar a cometer esse mesmo erro. Mas cometi e… agora? Agora é aguentar e ver no que isso vai dar.

 

Se por um lado eu não sei qual é a sua orientação sexual, no que toca a mim, eu tenho quase a certeza absoluta de que ele sabe qual é a minha. Sim! Eu diria que tenho 100% de certeza de que ele sabe que eu sou gay. E é claro que eu nunca lhe disse isso, nem nunca vou ter uma conversa com ele em relação à minha orientação sexual. Também não ando com um post-it colado na testa a dizer «Eu sou Gay”», mas apesar de eu não andar a anunciar pelo ginásio todo de que sou gay, há coisas que eu não consigo disfarçar. Não sou afeminado, mas qualquer um que esteja atento, rapidamente percebe. Às vezes basta somar um mais um e o resultado é o que todos nós já sabemos. E tendo eu a certeza de que ele sabe que eu sou gay, há uns dias atrás ele teve uma atitude comigo, que até agora eu ainda não compreendi.

 

Ele nunca me faltou ao respeito e nem eu iria permitir tal coisa. Como já tinha dito, ele comigo é sempre super simpático. É um querido! Seja pessoalmente, quando está a treinar comigo ou quando nos cruzamos pelo ginásio, ou até mesmo por alguns sms que às vezes trocamos. Ele é super atencioso, ao ponto de me agarrar se por algum motivo eu desequilibrar-me nos exercícios. E só digo uma coisa, por diversas vezes ele já me tocou e eu confesso, fiquei sempre arrepiado. Mas aquilo que eu tentava dizer é que há uns dias atrás, em pleno treino, ele teve uma atitude que, enfim, não deu mesmo para perceber. Num determinado momento, ele quis explicar-me um novo exercício, mas na hora em que exemplificava, sentiu dores nas costas e depois, confidenciou-me que no dia anterior tinha ido parar ao hospital, por causa de umas dores musculares. Devido a essas dores, ele teve mesmo que levar uma injeção e quando eu achei que esse assunto ficava por aí, não sei o que é que lhe deu, que em pleno treino, ele quase se despiu à minha frente, para me mostrar o seu rabo. Dá para acreditar?! Baixando os seus calções, ele fez-me questão de mostrar a sua nádega, para mostrar onde tinha levado a injeção. Acham isso normal? Eu só vós digo que naquele momento eu quase ia tendo um ataque. Se por um lado não quis parar de olhar para o seu rabo (maravilhoso), por outro não sabia se devia desviar o olhar e fingir que aquele momento não tinha acontecido. Juro-vos que fiquei mesmo num impasse. Olhar ou não olhar?! Claro que olhei! De olhos bem abertos e de boca aberta. Olhei aquela sua nádega, onde deu para perceber que ele tinha um sinal na nádega e depois, como se nada fosse, voltou a levantar o calção e o treino continuou. E eu claro! Não percebi nada! Mas que atitude foi aquela? Que provocação foi aquela? Que cena foi aquela? É claro que quando cheguei a casa, tive que tomar um banho de água fria para apagar o fogo dentro de mim.

 

É normal as pessoas andarem a mostrar o rabo a outras pessoas, praticamente desconhecidas, só para indicarem o sítio onde levaram a injeção? Eu não acho normal! Pelo menos eu nunca fiz isso. E apesar de ser normal nos balneários, vermos quase todos nus, rabos e pénis todos à mostra, a verdade é que não é normal, em pleno ginásio ele ter aquela atitude. Claro que isso fez com que o meu coração batesse ainda mais forte, mas fez também com que eu tivesse a certeza de que sim, ele sabe que eu sou gay e felizmente não se importa com isso. Infelizmente é o facto de ainda não o ter visto completamente nu pelos balneários. Já nos cruzamos várias vezes pelos balneários, já tivemos no cacifo lado a lado, mas ainda não tive a sorte, ou o azar de o ver tal como veio ao mundo. Para falar a verdade acho que nem quero vê-lo completamente nu, mas acho que isso será assunto para outros artigos…

21
Mar17

O inicio da minha paixão pelo PT

O seu nome é Tiago. Bem! Na verdade, esse não é o seu verdadeiro nome, mas para todos os efeitos, o meu Personal Trainer, por quem eu estou perdidamente apaixonado, vai aqui chamar-se Tiago. E sim! Ele é mesmo lindo! Muito bonito! (E não me canso de dizer isso!)

 

Logo no primeiro dia em que fui ao ginásio, fui já com a intenção de contratar os serviços de um Personal Trainer e isso porque eu conheço-me muito bem. Sei que se não tiver alguém a puxar por mim, a dar-me força, a incentivar-me para que eu continue, rapidamente iria desistir do ginásio e nunca mais iria lá meter os pés. Parece estúpido dizer isso, mas basicamente eu preciso de alguém a obrigar-me a ir ao ginásio. Tipo ter alguém que me puxe da cama, me obrigue a treinar e que me dê chicotadas nas costas quando já estou a fraquejar. É uma imagem estranha, mas comigo tem que ser assim. E por isso, ao contratar os serviços de um PT, cria-se logo com ele um compromisso. Fixamos datas e horas de treinos e como eu não gosto de faltar com os meus compromissos, lá me sinto obrigado a ir. Se bem que com o Tiago, ir ao ginásio deixou rapidamente de ser uma obrigação e passou a ser um prazer. Pois é! No final do treino eu saio de lá a bufar, a transpirar por todos os lados, morto de cansaço, mas mesmo assim, aquela quase uma hora de treino com ele, tornou-se num verdadeiro prazer.

 

E como é que eu cheguei ao Tiago? Acho que já aqui tinha dito. Logo no primeiro dia em qua fui ao ginásio, eu dirigi-me a ele, que estava por ali a dar assistência às pessoas, e falei do meu interesse em ter os serviços de um PT. Na hora, agendamos primeiro uma avaliação física, onde ele sugeriu alguns exercícios que eu devia fazer. Logo nesse mesmo dia da avaliação, ele disse algo que eu nunca mais me esqueci: «A partir de agora, podes usar e abusar de mim…» E claro! Aquela sua frase ficou-me na cabeça e a intenção de usar e abusar dele nunca mais saiu da minha cabeça. E antes mesmo de contratar os seus serviços, ele deu-me um prazo de uma semana para praticar sozinho os exercícios que ele tinha sugerido e só depois, no final dessa semana é que voltaríamos então a falar. E foi o que aconteceu. Pratiquei sozinho durante uma semana, e ao fim dessa semana, ele resolveu oferecer-me uma aula grátis de PT, para ver se era mesmo isso que eu queria. A primeira aula foi no dia 27 de fevereiro. Já nesse dia, eu já estava completamente apanhadinho por ele. Adorava a sua simpatia, a sua atenção, adorava a sua delicadeza ao falar comigo, ao me explicar as coisas e claro, os seus olhos desconcentravam-me, o seu sorriso matava-me e o seu corpo fazia eu ter tremores por todo o lado e por isso, é obvio que no final daquela aula grátis, depois de ele me ter apresentado os valores, eu contratei de imediato os seus serviços. Ele passou a ser oficialmente o meu Personal Trainer e desde então, duas vezes por semana nós estamos juntos, mas eu praticamente o vejo todos os dias no ginásio.

 

Eu já tenho o seu número de telemóvel, que ele já deixou bem claro que eu posso usar e abusar dele. Já o encontrei no Facebook, mas claro, não tive coragem de pedir amizade e nem vou fazê-lo. Já sei que é do norte, mas também o seu sotaque denuncia logo que ele é lá para os lados do norte e depois, ele é dono de uns olhos que sinceramente, ainda não consegui perceber se são azuis ou se são verdes. Não interessa! São lindos! Tem um sorriso e uns lábios maravilhosos, é adepto da barba e meu Deus! Tem um corpo dos deuses. Tomara eu ter o corpo que ele tem. Enfim! Ando mesmo de cabeça perdida por esse Tiago e não sei porquê, acho que ele já percebeu o fascínio que eu tenho por ele. Não sei bem explicar porquê, mas acho que ele sabe que o meu coração bate, e bate forte por ele…

20
Mar17

Estou apaixonado pelo meu Personal Trainer...

Sim! Parece mentira, mas é a mais pura verdade. Tentei resistir, tentei evitar, negar, tentei apagar da minha memória certas coisas que vi, mas não foi possível. O maldito do cupido atingiu-me como uma seta no coração e agora não há volta a dar. Estou apaixonado! É estúpido! Eu sei! É ridículo, é coisa de adolescente, mas que poderia eu fazer?

 

Como já aqui disse algumas vezes, eu no passado mês de fevereiro inscrevi-me num ginásio que fica bem próximo da minha casa. E apesar de na última semana não ter ido treinar com a regularidade que queria, pois tive um problema de saúde que me deixou de baixa médica, a verdade é que tenho ido muitas vezes. Hoje mesmo, estou agora a escrever este artigo e daqui a pouco lá vou eu para o sacrifício. Bem! Na verdade, não será de todo um sacrifício, pois hoje, segunda-feira, eu irei treinar com o meu PT. Sim! Penso que também já aqui tinha dito que tinha contratado os serviços de um Personal Trainer. Serviço esse que é um pouco dispendioso, mas que foi a solução que eu arranjei para mais rapidamente conseguir atingir os meus objetivos. Desde o dia 28 de fevereiro, eu tenho treinado então com o PT duas vezes por semana e apesar de ainda não ter ido à balança, já me sinto diferente. Não sei se emagreci, mas a verdade é que o meu corpo está diferente. Pelo menos, já consigo fazer algumas coisas que antes era impensável fazer, como agachamentos e flexões. Esse meu PT, com o tempo, conseguiu fazer com que eu fizesse coisas que antes, eu não conseguia fazer e só por isso, já está a valer a pena pagar o valor que pago. Ele é um ótimo profissional e em menos de um mês, já percebeu os meus limites e tem feito de tudo para me ajudar no meu objetivo. Mas para além de um ótimo profissional, o meu PT é… enfim!! O homem é lindo! Lindo! Mesmo muito lindo! É super lindo e claro, um coração mole como o meu, um coração carente como o meu, facilmente deixou-se levar pelos seus encantos.

 

Quando entrei no ginásio, fiquei de contar-vos mais vezes por aqui, as aventuras que tenho passado pelo ginásio. Sim! Porque uma ida ao ginásio é sempre uma grande aventura. Uma aventura que inicialmente me faz suar que nem um porco, mas que logo depois, me leva rapidamente ao paraíso. Fiquei mesmo de contar essas minhas aventuras, mas depois, percebi que não tinha muito tempo para escrever. Mentira! O que eu não queria escrever era mesmo isso. Era escrever que estou apaixonado pelo meu PT. Para falar a verdade nem sei mesmo se é paixão, se é obsessão ou se é apenas carência. Tenho andado muito carente e por isso, conhecendo-me como eu já me conheço, é natural que eu fique fascinado pelo homem que é super simpático, que é super atencioso e que por diversas vezes já me disse que eu posso e devo, usar e abusar dele. Mas vamos com calma. Com tempo – que eu irei arranjar maneira de ter – eu vou contar-vos essas minhas aventuras pelo ginásio e essa minha paixão pelo meu PT.

24
Fev17

Eu vou dando notícias…

Sensivelmente no principio do mês, eu falei-vos aqui do meu primeiro dia de Ginásio. Sim! Eu tenho frequentado um ginásio e tenho sido muito pontual. Tenho ido com regularidade de segunda à sexta e apesar de ainda não querer ir à balança tirar a prova dos nove, tenho noção de que já perdi alguns kilos. O que como é óbvio, deixa-me já bastante animado e motivado. Não vou dizer que tem sido fácil lidar com essa nova rotina, pois não tem sido, mas a verdade é que estou muito empenhado em cumprir os meus objetivos. Tenciono praticar mais exercício e seguir uma vida/alimentação mais saudável. E acreditem, tenho batalhado para isso.

 

Na próxima segunda-feira, as minhas idas ao ginásio vão continuar, mas desta vez, serei acompanhado por um PT onde terei um treino personalizado e focado nos meus objetivos que é, perder peso. Para já, durante os próximos dois meses, irei ser acompanhado por um Personal Trainer duas vezes por semana e apesar deste ter sido um investimento um pouco elevado (em termos financeiros) a verdade é que sei que com a ajuda de um PT, eu vou conseguir. Sei que vou!

 

Estou animado, estou motivado, cheio de força e tal como já havia aqui prometido, vou (tentar) partilhar com vocês essa minha nova vida mais saudável. Infelizmente não tenho tido muito tempo para partilhar alguns bons e interessantes momentos desses meus dias, mas vou tentar empenhar-me mais também nesse blog e contar-vos como tem sido essa minha batalha contra o peso. Eu vou dando notícias…

09
Fev17

Primeiro dia de ginásio

Como já aqui tinha dito, um novo ginásio abriu mesmo à porta da minha casa. É só sair do conforto da minha casa, andar uns quantos passos e pronto, estou dentro do ginásio. E se antes havia a desculpa de que todos os ginásios ficavam longe e que por isso eu não ia, agora essa desculpa já não se aplica. O ginásio abriu as suas portas no passado sábado, é muito semelhante a outros ginásios que eu já frequentei no passado e a grande vantagem deste é mesmo a proximidade. Talvez por isso, sou mesmo capaz de ir todos os dias.

 

Apesar da abertura ter sido no sábado, só mesmo hoje é que tive possibilidade de meter lá os pés e gostei muito do ambiente do ginásio. Gostei também do staff que por lá anda, todos muito simpáticos, todos muito prestativos e houve mesmo um, que depois de eu pedir ajuda, chegou a dizer-me o seguinte: «Eu estou aqui para ser usado e abusado por si» Bem! Não foi de todo a melhor coisa que disse, pois se eu realmente pudesse usa-lo e abusar dele seria para… enfim! Vou é mudar de assunto.

 

Para este primeiro dia de treino, tentei fazer algo mais soft, pois já há alguns meses que não metia os pés num ginásio. Por isso, para começar, fiquei 20 minutos na passadeira, segui para o puxador ao peito, depois pela máquina de flexão de joelhos, para a de peitoral e por fim, passei 10 minutos pela bicicleta. Ainda tencionava fazer outros exercícios, mas depois o cansaço falou mais alto e não consegui mais. Desisti! Mas amanha, se tudo correr bem, lá estrei novamente e espero pelo menos, ir umas cinco vezes por semana.

 

Por agora estou animado e espero que essa animação dure por muito tempo, pois estou mesmo decidido a empenhar-me no ginásio e com isso, perder os quilinhos que há muito quero perder. Mas hoje foi só o primeiro dia. Foi o suficiente para ficar já com dores nos braços e nas pernas e se tudo correr bem, espero vir aqui relatar mais vezes essas minhas idas ao ginásio. Para já vou é descansar, pois bem que estou a precisar.

24
Jan17

Brevemente vou frequentar um ginásio...

Pois é! Inscrevi-me (novamente) num ginásio. Ainda não sei bem quando é que irei começar os treinos, mas em breve, irei mudar alguns dos meus hábitos e uma dessas mudanças vai passar por ir diariamente ao ginásio, para ver se finalmente consigo estar em forma.

 

Eu já por diversas vezes inscrevi-me em vários ginásios e não posso negar, de todas essas vezes eu consegui perder peso, andei sempre um pouco mais animado e conseguia dormir melhor. Mas sempre tive problemas com o ginásio. Em todos onde eu ia, ficavam sempre longe de casa, eram mais próximos do trabalho e isso obrigava-me a estar sempre carregado com a roupa e o calçado para o treino e ainda mais toalha para o banho. Andava sempre de mala pesada às costas e isso era uma chatice. Mas maior chatice ainda era o ter que tomar banho no ginásio para de seguida ir trabalhar. É claro que o banho em si não é um problema. Eu sou uma pessoa que dá valor à higiene e por isso, não tenho nenhum problema com o banho. O problema mesmo é o tomar banho na companhia de muitos estranhos à minha volta, todos despidos, com os membros todos à mostra e… eu não sou de ferro! Por vezes não consigo deixar de olhar, não consigo ser discreto e claro, dou muito nas vistas. Esse sim, é sempre o meu maior problema na hora de frequentar ginásios e se assim é, porque motivo voltei eu a inscrever-me no ginásio?

 

Bem! Muito em breve, mesmo à porta da minha casa, irá abrir um ginásio daqueles que se designam de low-cost. O ginásio fica apenas a uns cinco minutinhos da minha casa e por isso, se o banho era um problema, ele deixou de ser. Devido à proximidade, no final dos treinos eu nem sequer preciso entrar no paraíso dos homens nus, ou melhor dizendo, nos balneários. Quando termino o treino, venho direto para casa e aí sim, faço a minha higiene para depois seguir em frente com o meu dia. Isso é um ponto positivo e é o que me levou a inscrever. Por isso não vejo a hora de começar os meus treinos. Ainda não sei bem qual irá ser a data de abertura, mas prevê-se que seja lá para o inicio do mês de Fevereiro. E quando isso acontecer, eu cá estarei para falar um pouco mais dessa minha nova aventura.

 

Mas… serei o único a ter problemas com os balneários masculinos? Serei o único a sentir-me incomodado no meio de tantos homens nus e nem sequer poder tocar? Dizendo isso eu sei que até pareço um verdadeiro tarado mas é como eu já aqui disse, eu não sou de ferro. Não é todos os dias que eu vejo um homem nu á minha frente e por isso, quando vejo, confesso que fico mesmo um pouco de cabeça perdida.

Os meus blogs

Calendário

Fevereiro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Aprendi . QUE EU TENHA SORTE. VAI SER A PRIMEIRA V...

  • Anónimo

    so de ler ja estou com tezão

  • Anónimo

    o banho tem secções no meu ginasio e por isso nimg...

  • Carlos Lontro

    A minha sobrinha é lésbica mas os meus pais e irmã...

  • Carlos Lontro

    comenta comigo pelo face e eu dote uma ajuda a per...

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.