Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

19
Set17

Podemos Falar? | Mensagem #21

(utiliza as setas da galeria, para continuar a ler a mensagem)

18
Set17

Podemos Falar? | Mensagem #20

(utiliza as setas da galeria, para continuar a ler a mensagem)

18
Set17

Podemos Falar? | Mensagem #19

(utiliza as setas da galeria, para continuar a ler a mensagem)

17
Set17

Taekwondo | +Filme

 (clica nas setas ao lado para ver mais fotos do filme)

 

Título original: Taekwondo | Ano: 2016 | Origem: Argentina | Género: Comédia Drama | Realizador: Marco Berger, Martín Farina | Elenco: Gabriel Epstein, Lucas Papa, Nicolás Barsoff, Francisco Bertín, Arturo Frutos, Andrés Gavaldá, Juan Manuel Martino, Darío Miño, Gaston Re | Mais informações no IMDb | Classificação: 4 estrelas

 

Sinopse do filme: Fernando está de férias com os seus amigos próximos numa bela casa de campo num subúrbio rico de Buenos Aires. Sem a presença das namoradas, os rapazes estão ansiosos para falar sobre os seus sentimentos, os seus desejos sexuais por raparigas, o medo do futuro e os seus conflitos. Como em todas as situações em que só há homens, eles sentem-se à vontade para passearem pela casa nus ou seminus, construindo uma proximidade íntima uns com os outros. Neste contexto, Fernando decide convidar um novato, Germán, um amigo das aulas de Taekwondo. Mas Germán tem uma preferência que Fernando ignora, ele sente-se atraído por homens. A pouco e pouco os dois amigos ficam cada vez mais próximos e íntimos, quase à beira do romance.

 

Taekwondo_poster.jpg

 

A minha opinião: Como já estou habituado aos filmes do argentino Marco Berger, posso desde já afirmar que adorei este filme e na minha opinião, é sem dúvida o melhor filme do realizador. À primeira vista, este “Taekwondo” pode ser aborrecido, devido aos constantes silêncios ao longo do filme, mas Marco Berger já nós habituou a dar mais atenção às imagens, aos olhares discretos entre os personagens e não propriamente aos diálogos entre eles. Nos filmes deste realizador, que é já um realizador de excelência no que diz respeito a filmes de temática LGBT, os diálogos estão sempre em segundo plano, e cada imagem, cada olhar é o que mais chama a atenção. Se bem que neste filme, há muitas outras coisas que chamam à atenção, como por exemplo, o grande grupo de atores que protagonizam o filme, que apesar de serem todos desconhecidos para mim, foi maravilhoso conhecê-los, pois cada um deles, fizeram um excelente trabalho. Filme que vale mesmo a pena ver com os olhos bem abertos.

 

Um breve à parte: Eu diria que este “Taekwondo” é a concretização de uma das maiores fantasias sexuais de grande parte dos gays (eu incluído). Neste filme, um gay é colocado numa casa cheia de homens e ele estará rodeado por homens lindos, que sem pudor, andam na frente desse gay tal e qual como vieram ao mundo. Por isso sim, há muita nudez neste filme. Eles andam nus por todo o lado e… meu Deus!! Uma pessoa fica quase sem conseguir respirar. Mas se há cenas de sexo?? Bem! Quanto a isso é melhor não criares grandes expectativas e vai com calma, pois a ação, aquilo que esperamos com muita ansiedade, vai demorar muito tempo a acontecer, mas… meu Deus! Como eles são todos lindos!! Eu saltava para cima de todos eles.

17
Set17

Podemos Falar? | Mensagem #16

(utiliza as setas da galeria, para continuar a ler a mensagem)

17
Set17

A arte de Paul Freeman

Hoje, para variar, vou partilhar com vocês não o trabalho de um ilustrador, mas sim o de um fotografo. O seu nome é Paul Freeman e ele é mais um dos artistas que eu acompanho pelo Instagram. E se tu és apaixonado por fotografia e pela imagem masculina, recomendo que sigas também o seu Instagram, pois ele tem fotos maravilhosas e de dar água na boca...

 

 

 

 

16
Set17

Handsome Devil | +Filme

 

Sinopse: Ned e Conor são pessoas completamente diferentes, com personalidades como água e vinho. Um é uma estreja do rugby super popular do time, o outro é considerado um perdedor por todos. A contragosto, eles são forçados a dividir um quarto em sua escola e, inesperadamente, formam uma amizade improvável.

 

Handsome-Devil-poster.jpg

 

MORE review: Este é mais um filme que facilmente encontras no catalogo da Netflix e à semelhança de outros filmes temáticos que estão pelo Netflix, este é mais um filme que vale a pena assistir. O filme está querido, muito giro e apesar da homofobia estar presente em quase todo o filme, chega a haver momentos engraçados, momentos ternurentos, momentos que merecem a nossa atenção. Eu gostei! Não é assim um filme 5 estrelas, mas para ver em família, para ver com amigos, ou até mesmo para ver sozinho, este filme pode ser uma óptima opção para quem não tem o que ver. A história está muito bem contada, todo o elenco fez um belissimo trabalho e o modo como as diversas formas de homofobia estão retratadas neste filme, foram feitas com grande mestria. Aqui, a brincar se falou sério, muito sério!

 

 

Um breve à parte: E se antes eu já gostava de ruivos, com este Fionn O'Shea (que interpreta o jovem Ned), eu fiquei a gostar ainda mais. O jovem é um querido! Querido também é o ator Andrew Scott, que mais uma vez interpreta de forma exemplar, o papel de um homossexual (e será que ele é mesmo gay de verdade?). E para os que procuram cenas de sexo, nudez e muitos beijos, lamento desiludir, mas este filme não traz nada disso. É um filme inocente, mas com uma história interessante.

 

Mais informações em IMDb  |  Filme 3 ESTRELAS

16
Set17

Authentic | +Curta

Esta curta-metragem, com pouco mais de 13 minutos, conta a história de Aaron, um homem solteiro que é viciado no sexo e busca sem parar, satisfação através da pornografia e do sexo com mulheres. Nunca encontra a felicidade, até ao dia em que tem um (estranho) encontro com o seu vizinho e isso desperta alguns sentimentos que até então, Aaron desconhecia. Sentimentos que o fazem pensar no que ele realmente necessita para estar física e emocionalmente satisfeito.

 

 

(Queres ver mais curtas-metragens semelhantes a esta? No MORE CINE GAY vais encontrar uma vasta lista de curtas para serem vistas. Passa por lá e diverte-te...)

15
Set17

Podemos Falar? | Mensagem #13

 (utiliza as setas da galeria, para continuar a ler a mensagem)

15
Set17

Redwoods | +Filme

0276826-r03-172.jpg

 

Título original: Redwoods | Ano: 2009 | Origem: USA | Género: Drama, Romance | Realizador: David Lewis | Elenco: Matthew Montgomery, Tad Coughenour, Caleb Dorfman | Mais informações no IMDb | Classificação: 1 estrela

 

Sinopse do filme: Original e incrivelmente romântico, Redwoods conta a história de um homem cujo o amor é testado quando um viajante misterioso passa por sua pequena cidade, na Califórnia do Norte. Everett (Brendan Bradley) e Miles (Tad Coughenour) vivem um relacionamento confortavelmente platônico. Juntos, eles criam um filho autista. Enquanto sua família viaja para fora da cidade, Everett que é bastante introvertido, finalmente tem tempo para si mesmo, isto é, até Chase (Matthew Montgomery), um escritor extraordinariamente bonito, aparecer na frente de sua casa. O filme de David Lewis (o mesmo diretor de Rock Haven) é uma ode deslumbrante sobre o poder do amor.

 

Redwoods_poster.jpeg

 

A minha opinião: “Redwoods” é protagonizado por Matthew Montgomery e já não é a primeira vez que vejo um filme com este ator que não consegue agradar-me. Todos os filmes onde ele entra, parecem ser sempre iguais e com finais idênticos. Este filme pode até não ser tão mau como os anteriores que eu vi dele, mas mesmo assim, o filme não tem nada de especial. O que vale é que ele é curto e num instante ele chega ao fim. A história para mim não fez sentido e todo o elenco parece ser um bando de amadores que não convencem de forma alguma nos seus papéis. Enfim! Só vê este filme quem quer…

15
Set17

Podemos Falar? | Mensagem #12

(utiliza as setas da galeria, para continuar a ler a mensagem)

Os meus blogs

Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.