Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

08
Jul17

É preciso que saibas que eu existo...

Collection-True-Love-170517-24.jpeg

 

Quero-Te beijar

Só penso em beijar-te

Noite e dia...

Esse é apenas o meu desejo

 

Quando será que irei beijar-te?

Faltará muito para esse dia?

Não sei se irei aguentar tanto tempo

Porque o desejo, a vontade

É tanta que eu só Quero-Te

Quero-Te ao meu lado eternamente.

 

Quero-Te beijar

E vou beijar-te

Vou sentir os teus lábios

Vou sentir-me nas nuvens

E serei a pessoa mais feliz do mundo

 

Mas para isso...

É preciso que tu saibas que eu existo

É preciso que saibas que eu te amo

Por isso,

Vou ser forte,

Vou ter coragem

No momento certo irei ao pé de ti

E apenas irei dizer-te

Quero-Te...

 

(Este texto faz parte das minhas preciosidades do meu passado, numa altura em que tinha por aí uns 24 aninhos)

08
Jul17

Encontrei algumas das preciosidades do meu passado...

Há uns dias atrás, resolvi arrumar algumas das tralhas que tenho pelo meu quarto e ao fazer isso, deparei-me com uma caixa antiga que continha algumas preciosidades. Se hoje, o que não me falta por aqui são discos externos ou pens usb para eu puder guardar as coisas que faço pelo computador, há uns anos atrás não existia nada disso. Há uns bons anos, para eu puder guardar os meus trabalhos, tinha que recorrer as já extintas disquetes, ou então aos CD-Roms. E foi precisamente essas coisas que eu encontrei numa caixa enquanto eu arrumava o meu quarto.

 

Para ser sincero, já nem sabia que tinha essa caixa comigo, pensei que já tinha ido tudo para ao lixo. Mas afinal ainda aqui tenho umas quantas disquetes. Disquetes essas que não sei mesmo o que fazer com elas. Já nenhum computador aqui em minha casa tem acesso para elas e por isso, com muita pena minha, não consegui saber o que estava nessas disquetes. Gostava de saber. Ver o que com 12, 15 anos, eu andei a guardar. Rever algumas das histórias que eu na altura adorava escrever e que com certeza, devem estar guardadas nessas disquetes, mas não, infelizmente não vou ter oportunidade de saber o que lá está. Mas já com os antigos CD-Roms, onde eu também guardava imensas coisas, isso já quando eu andava na casa dos 20 aninhos, com esses eu felizmente consegui rever algumas das coisas que fiz no passado. Encontrei mesmo algumas preciosidades e por isso, sem receio, irei partilhar com vocês hoje e nos próximos dias, algumas das coisas que fiz no passado e que merecem estar aqui neste meu blog. Por isso, aguardem novidades…

08
Jul17

Sim! Comprei a revista CRISTINA, e tu?

19554602_1542566852468588_7395311223814424340_n.jp

Pois é! Não consegui resistir e ontem mesmo, acabei por comprar a revista CRISTINA. Depois de ter escrito aqui o artigo sobre a tão polémica revista, ontem sentei-me um pouco em frente à TV para ver o “Você na TV” e depois de tanto ouvir a Cristina Ferreira como o Manuel Luis Goucha a falarem da revista, eu lá acabei com todos os meus dilemas e comprei. Não a comprei no formato em papel, mas sim no formato digital. No entanto, depois de ter feito a compra através da app que está disponível no Google Play e depois de ter conhecimento desse comentário (que a própria Cristina, com alguma tristeza no olhar, leu no programa da manhã)…

 

 

arrependi-me seriamente de ter comprado a revista no formato digital. Senti-me uma pessoa fraca por ter optado por comprar a revista através desse meio. Fraco por não ter tido a coragem de dirigir-me a uma banca de jornais e com orgulho pedir: «Arranje-me por favor um exemplar da revista Cristina (…) Mas arranje-me é a que tem na capa o Bruno e o Ricardo.» Gostaria de ver a reação da pessoa, gostaria de saber se por aqui na minha zona também andam a esconder as revistas para não ‘ferirem suscetibilidades’, mas não, como comprei no conforto da minha casa e de forma anónima através do meu smartphone, não corri o risco de ser julgado pelos olhares hipócritas dessa sociedade que está podre, muito podre. Onde é que já se viu, esconderem revistas para não ‘ferirem suscetibilidades’, apenas porque na capa da revista, a Cristina quis celebrar o amor e nada mais do que o amor nas suas diversas formas?? Eu não consigo compreender isso. Tenho mesmo uma séria dificuldade em conseguir entender a mentalidade dessas pessoas. Pessoas que podem muito bem encher a boca para dizerem que «não, eu não sou nada contra» mas que depois, apenas vão espalhando o ódio por todos os lados onde passam, enfim…

 

Para quê falar do ódio e da ignorância de certas pessoas? Mais vale é aplaudir essa grande coragem de toda a equipa da revista CRISTINA, que neste mês de Julho, soube presentear os seus leitores (regulares e novos), com uma edição maravilhosa. Eu já li algumas partes da revista, daquilo que vi tenho gostado imenso e só tenho mesmo é que recomendar. Comprem a revista! De uma forma ou de outra, comprem a revista para que esta edição de Julho, se torne histórica. Se torne memorável e que ajude muitas pessoas a verem o mundo como ele realmente deve ser visto, de uma forma plena onde todas as formas de amar são válidas e são lindas.

Os meus blogs

Calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.