Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

31
Jul17

Mr Gay Eurpa 2017 | Os 12 finalistas (parte 1)

É já no próximo dia 5 de Agosto, na cidade de Estocolmo, que irá decorrer mais uma eleição do Mr. Gay Europa. Este ano são 12 os finalistas e só um deles irá ser considerado o número 1, o MR. GAY EUROPA 2017. E o MORE, aqui está, para dar-vos a conhecer esses 12 belos homens. Preparados para os conhecerem?

 

Hoje, ficamos na companhia dos representantes da Bélgica, Bulgária, Republica Checa e Inglaterra:

 

JAMIE DEBLIECK (Bélgica)

(ver o vídeo de apresentação)

 captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.15.49_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.16.12_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.16.25_p.m.p

 

YUKSEL YUSEINOV (Bulgaria)

(ver o vídeo de apresentação)

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.19.41_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.20.49_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.21.07_p.m.p

 

DANIEL FRÖHLICH (República Checa)

(ver o vídeo de apresentação)

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.26.52_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.27.01_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.27.12_p.m.p

 

MATT ROOD (Inglaterra)

(ver o vídeo de apresentação)

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.49.22_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.50.07_p.m.p

captura_de_pantalla_2017-07-20_a_las_4.50.17_p.m.p

 

Qual deles o mais bonito? Qual deles o teu favorito? Vai até ao site do Mr. Gay Europa e vota. Vota naquele que tu mais gostaste…

30
Jul17

Understanding | +Curta

Understanding.jpg

 

Um jovem adolescente é apanhado pela sua irmã mais nova, a beijar o seu colega de basebol. O que acontece mais tarde, é o terror de sair do armário, a força da família e a beleza do amor...

 

29
Jul17

Quero-te confessar...

Untitled-3.jpg

 

Tenho algo a dizer-te

Não sei como irás reagir

Porque eu sou homem, tu és homem mas...

Quero-te

 

Desde o primeiro dia em que te vi

Desde a primeira vez que falaste comigo

Desde o primeiro momento em que me sorriste

Eu quero-te

 

Quero-te perdidamente

Quero-te loucamente

Quero-te só para mim

Para te beijar, para te abraçar, para te amar

Quero-te sempre ao meu lado

 

(Este texto faz parte das minhas preciosidades do meu passado, numa altura em que tinha por aí uns 24 aninhos)

28
Jul17

Esteros | +Filme

Esteros_Papu_Curotto_outplayfilms_01.jpg

 

Lembram-se da curta apresentada aqui no MORE no domingo passado? Pois bem, hoje vou sugerir-vos um filme que em parte, foi inspirada nessa mesma curta-metragem. Aliás, tanto o filme como a curta, foram realizadas por Papu Curotto e quem assina o guião é o Andi Nachon. Esta dupla, no ano de 2015 apresentou-nos a curta “Matias e Jerónimo” e depois, no ano seguinte, estrearam o filme “ESTEROS”, um filme que, assim de repente, surgiu em frente aos meus olhos, vi e rapidamente adorei. O filme é mais um daqueles que é simples, mas é através da sua simplicidade que ele se torna num filme cinco estrelas. Pode não ter um argumento original, pois o que não falta por aí são filmes que contam praticamente essa mesma história, mas o que torna esse “Esteros” diferente, é o facto de pelo menos esse, ao contrário dos muitos outros, ter um final feliz e… quem é que não gosta de um final feliz num filme de temática gay?? Acho que todos nós gostamos e apesar de já quase ter revelado o final do filme, fica na mesma a sugestão e eu espero que a aceitem.

 

Esteros film2.jpg

esteros.jpg

 

Em “Esteros” temos duas linhas de tempo distintas. Por um lado, seguimos a adolescência dos jovens Matias e Jerónimo, que são grandes amigos de infância, que para além da amizade, começam a aperceber-se que entre eles, possa existir algo mais do que uma simples amizade. Por outro lado, seguimos a história de Matias e Jerónimo, já numa fase adulta, onde aparentemente, o amor e amizade que nutriam um pelo outro desapareceu, pois por circunstancias da vida, Matias foi viver para outro país e por isso, a ligação entre eles desaparece. Entretanto, num belo dia, Matias acompanhado pela sua namorada Rochi, regressa à sua terra natal e aí, reencontra o seu grande amigo de infância, hoje um homem lindo de morrer e que é assumidamente gay. Com o tempo, para além da chama da amizade voltar a reacender-se, o amor vai falar mais alto e apesar das dúvidas e dos receios, é sempre difícil esquecer um amor do passado.

 

ESTEROS_APLAT_ENGLISH.jpg

 

Esta é uma história romântica que facilmente atingiu o meu coração. É um pouco lento a dar seguimento à história, mas para os românticos e apaixonados como eu, que sempre anseiam por uma boa história de amor, acho que irão gostar. O filme é uma produção brasileira e argentina, não conta com um elenco de atores conhecidos (apesar dos protagonistas serem maravilhosamente lindos), mas arrisquem! Vão ver que este será um ótimo filme para uma dessas tardes de verão.

27
Jul17

Livros: Aquisições do mês de Julho

20170727_121906.jpg

 

Comprei dois novos livros. Quando é que pretendo começar a ler cada um deles? Não sei bem! Mas espero daqui a um mês, poder dizer por aqui, que já os li e adorei. Pelo menos é essa a minha convicção. Acho que vou gostar de cada um deles.

 

20170727_121931.jpg

 

O primeiro que adquiri foi o “SE EU FOSSE TUA” da escritora Meredith Russo. Esse seu primeiro romance é parcialmente inspirado na sua experiência enquanto mulher transgénero e eu tenho a certeza que irei gostar do livro, assim como também tenho a certeza que irei identificar-me com ele. Há já algum tempo que este livro estava na minha lista de desejos do site da Bertrand, e agora finalmente tenho-o em mãos e em breve, irei começar a desfolhar cada página desse livro.

 

O segundo livro que comprei este mês, posso desde já dizer que praticamente, acabou por ser uma sugestão do blog A Mulher que Ama Livros da Cláudia Oliveira. No seu blog, que eu cheguei até ele por um (feliz) acaso, encontrei um post e um vídeo, com a sua opinião em relação ao “AS OITO MONTANHAS” de Paolo Cognetti. Aí a Cláudia falou maravilhas em relação ao livro e por isso, de imediato coloquei também na minha lista de desejos, na minha lista de livros a comprar em breve e por isso, quando ontem passei pela Bertrand e vi lá o livro exposto, não resisti em pagar nele e levá-lo para casa. Agora estou com dois livros que irei ler em breve e claro, também brevemente irei aqui partilhar a minha opinião em relação a eles.

26
Jul17

Escutar música clássica com outros olhos...

Eu não sei como é com vocês, mas neste verão, se há música que eu não suporto mais ouvir, é o tema “DESPACITO”. Já ouvi tantas vezes na rádio, tantas vezes passou pelos canais de música na televisão, que já não há pachorra para ele mas… Hoje quando acordei e dei uma vista de olhos em alguns sites que normalmente costumo passar, dei de caras com um certo violinista que de imediato me chamou a atenção. E mesmo ele tendo tocado o tema que eu já não suporto mais ouvir, tenho que confessar que logo pela manha, foi um prazer enorme escutar o “Despacito” nas cordas do violino daquele que se autointitula de SHIRTLESS VIOLINIST.

 

 

O seu nome é Mateo Olson e pelo seu canal do YouTube, muitos são os vídeos que vais encontrar, onde ele sempre em tronco nu, toca com o seu violino, alguns dos temas mais famosos do momento. Convido-vos a passarem pelo seu canal e a conhecerem este Shirtless Violinist que com certeza, dá ali uma grande ajuda, para que mais e mais pessoas venham a gostar da música clássica.

 

E é incrível como logo pela manha, um simples homem em tronco nu e com o seu violino, deixa-me completamente excitado. Oh meu Deus! Estou mesmo necessitado…

25
Jul17

A fórmula que se repete no mundo da publicidade...

Já viram a nova publicidade do Coninente?

 

 

Pois é! Parece que os criativos do mundo da publicidade, estão todos aí a quererem provocar aqueles que sofrem do coração. Se há uns tempos atrás era a publicidade da Planta Vegetal e ainda a publicidade do detergente para a roupa Surf, que faziam os nossos corações saltitar de desejo. Agora é a vez dos hipermercados Continente, provocarem os mais sensíveis com um modelo (enrolado apenas numa toalha) que sem dúvida alguma, é de se tirar o chapéu. Estou mais uma vez apaixonado!!!

22
Jul17

Preciso do teu beijo

Untitled-2.jpg

 

Preciso do teu beijo

Por isso, não me negas um beijo

E beija-me

Beija-me tal como beijas a ela

Mas a mim

E só a mim

Porque eu preciso do teu beijo

 

Sei que tu queres,

Sei que tu desejas,

Sei que estas louco por beijar-me

Mas... tens medo!

Medo daquilo que possam pensar

Mas... ignora o que os outros possam pensar

E beija-me

Eu preciso do teu beijo.

 

Quero-te beijar

Nada mais do que isso

Quero sentir o sabor dos teus lábios

Quero sentir-me nas nuvens

Só com um beijo...

Com o teu beijo.

 

Estas indeciso

Estas com medo

Mas paciente como sou

Eu vou esperar.

Vou esperar

Porque eu preciso do teu beijo

Porque eu quero-te

Quero-te muito

Mesmo muito...

 

(Este texto faz parte das minhas preciosidades do meu passado, numa altura em que tinha por aí uns 24 aninhos)

21
Jul17

Come non detto | +Filmes

come-non-detto-2.jpg

 

Por vezes, há histórias que me fazem chorar, rir às gargalhadas e pensar na vida. Este “COME NON DETTO”, um filme italiano de 2012, deixou-me assim, nostálgico. O filme é lindo! Tão bonito que se tivesse que dar uma nota para o filme de 0 a 5, com certeza daria 5 estrelas. O filme está excelente! Mesmo sendo uma produção pequena, simples e mesmo contando uma história que não tem nada de novo, pois muitos já foram os filmes que retrataram da mesma forma o tema abordado no filme, este “Come non detto” é um amor, uma ternura, uma preciosidade do cinema gay e por isso, acho importante dizê-lo: o visionamento deste filme é obrigatório!

 

cJ5pLgGZ1jVs4OTSpbQRw4GgaCW.jpg

 

Já tenho este filme comigo há algum tempo, mas só agora resolvi assistir e logo de imediato, nas cenas iniciais, fiquei fascinado pelo filme. Nele, um jovem como em tempos eu já fui, não sabe o que fazer da sua vida. Ele é gay. Não tem vergonha disso, muito pelo contrário. Tem um namorado lindo, que o ama. Tem grandes amigos à sua volta e depois, tem uma típica família italiana, que é só confusão quando se juntam. Está prestes a mudar para a Espanha, onde para além de viver com o seu namorado, irá ainda trabalhar na sua área. E tudo parecia bem. Aliás, tudo está bem só que há um pequeno problema. O jovem ainda não contou aos seus pais que é gay, não sabe como contar e para piorar as coisas, contou para o namorado que os seus pais já sabiam da relação dos dois, que aceitavam numa boa e por isso, o namorado faz agora questão de conhecer os seus sogros, mas… como contar aos pais que é gay, antes do seu namorado chegar a casa e descobrir toda uma mentira?? Sim! Este enredo não é novo em filmes de temática gay. Muitos são os filmes que contam da mesma forma essa dificuldade em sair do armário, mas esse o faz de uma maneira muito caricata, muito engraçada e ao longo do filme, muitas foram as vezes que ri sem parar. O protagonista, para além de ser um querido, é super engraçado, envolve-se em tantas confusões e no final, quando menos se espera, é ele quem é surpreendido, mas mais não digo.

 

BHurNzVR30ibakGZDuINmWamID.jpg

 

Se gostas de comédias românticas, acho que esse é o típico filme para se ver em família. E esse é o filme que talvez até te possa dar uma ajudinha na hora de sair do armário, quem sabe?! Aqui fica a sugestão e agora, fico à espera dos vossos comentários…

20
Jul17

“Adeus, vai-te embora, ninguém te adora!”

Season_8_cast_promo_pic.png

 

Para os mais distraídos, para aqueles que talvez ainda não deram conta da novidade, a NETFLIX já estreou há umas semanas atrás, uma nova temporada do reality “RUPAUL’S DRAG RACE”. Já está disponível a temporada 8, que eu já tive a oportunidade de ver e adorei, e por isso, para aqueles que já são fãs, mas que andam perdidos por outras séries, aqui fica a sugestão. Não percam este maravilhoso reality pois diversão é coisa que nunca vai faltar na companhia das muitas drags.

 

Mas hoje, o propósito deste post não é propriamente para sugerir. Acho que já por diversas vezes eu já aqui falei deste programa e já recomendei várias vezes o seu visionamento. Desta vez estou aqui para falar de algo que tem sido notícia um pouco por todo o mundo. Sim! A Netflix Portugal, muito por causa do “RuPaul’s Drag Race”, tem sido noticia pelo mundo, graças à tradução que têm andado a fazer às míticas expressões do RuPaul. Quem vê o programa, sabe que o RuPaul tem várias frases, várias palavras, expressões que são ditas frequentemente e que já se tornaram parte integrante do programa. Se bem me lembro, as temporadas anteriores que estão disponíveis no Netflix, algumas dessas expressões não chegaram a ser traduzidas pelo nosso português, até porque não há uma tradução correta para essas expressões. No entanto, com a chegada da oitava temporada, surgiu uma nova legenda para as expressões míticas do RuPaul e são essas mesmas legendas que têm dado que falar um pouco por todo o mundo.

 

Quem vê a série já está mais do que familiarizado com as expressões como: “Shantay you stay” e “Sashay away”. Não precisamos ser um expert em inglês para traduzir essas frases. É algo automático que já sabemos do que se trata. O “Shantay you stay” é para quando a drag passa à fase seguinte e o “Sashay away” é quando uma drag é eliminada do programa. Aquilo que está a acontecer com as legendas em Portugal, é que alguém resolveu traduzir essas mesmas frases, optando por uma tradução muito livre e um pouco absurda, tal como este exemplo aqui:

 

rupaul_vai-te-embora-720x720.jpg

 

Adeus, vai-te embora, ninguém te adora!” é a tradução livre do famoso “SASHAY AWAY” e claro, isso não passou despercebido por entre os fãs e por isso, muitos têm comentado essa tradução em vários sites e blogs um pouco por todo o mundo. Não seria mais simples deixar o “Sashay away” em vez de se porem por aí a inventarem? Enfim…

 

Por aqui, vou ficar à espera da chegada da nona temporada da série, que espero que não demore muito a chegar até nós.

20
Jul17

A Múmia | +Cinema

maxresdefault.jpg

 

Ontem aproveitei o meu dia de folga para ir ao cinema. Tenho tantos filmes em atraso, desde o “Tom of Finland” passando pelo o “Homem Aranha”, há uma série de filmes que eu pretendo ver no cinema, mas que infelizmente não tenho tido muitas oportunidades para ir. Mas ontem fui e o eleito acabou por ser o filme do Tom Cruise, ou melhor, acabei por ir ver o filme “A Múmia”, com alguma esperança de que iria valer a pena, mas não, saí da sala desapontado.

 

Quando há uns meses atrás fiquei a saber que Tom Cruise estava à frente de um novo filme da múmia, eu fiquei animado com a notícia e cheio de vontade de assistir ao novo filme. Eu gosto do universo da múmia e por isso, tendo em conta de que o protagonista é um ator que está habituado a dar-nos bons filmes de ação, achei que este regresso iria ser em grande. No entanto, quando o filme estreou nas salas de cinema há uns dias atrás, a crítica não os poupou. O filme foi muito mal recebido pela crítica e pelo público em geral e logo aí eu fiquei com um pé atrás em relação a ele. Mas mesmo tendo conhecimento dessas más críticas, eu quis arriscar e ver com os meus próprios olhos o filme mau que é este regresso da múmia. Sim! O filme é mau, é mesmo mau. Não tem nada a ver com os filmes super divertidos protagonizados por Brendan Fraser no princípio deste novo milénio. Esses sim valiam a pena ver e ainda hoje valem. Já este novo filme com o Tom Cruise é algo que se vê e rapidamente tem se vontade de esquecer e não voltar a ver.

 

596203.jpg

 

Talvez o grande erro deste regresso da múmia, foi mesmo ele não se querer identificar apenas num único género de filme. Não quis ser um filme de terror, não quis ser um filme de ação, nem mesmo um filme de comédia. Quis ser um pouco de tudo isso e mais alguma coisa e claro, o resultado final acabou por não ser o mais acertado. Eu não achei piada, não fiquei assustado como algumas pessoas que estavam na sala e também não achei as cenas de ação nada surpreendentes. Fiquei até desiludido com o papel desempenhado pelo Tom Cruise, que neste filme, até no momento final, ele interpreta um verdadeiro paspalho. Alguém que dificilmente conseguiu conquistar a minha empatia. Mas com um bom balde de pipocas na mão, lá fui assistindo ao filme e consegui sair de lá vivo. Se recomendo o filme? Não sei! Acho que existem muitos outros filmes nas salas de cinema, que merecem mais a nossa atenção do que este…

18
Jul17

De cabeça perdida por causa do Liam Hemsworth

Meio mundo anda de cabeça perdida por causa de umas fotos que o ator Liam Hemsworth publicou no seu Instagram. Eu faço parte desse meio mundo e por isso, também eu ando de cabeça perdida. Oh meu Deus!! Mas que homem…

 

 

Here's to ice baths and flexing in tiny shorts

Uma publicação partilhada por Liam Hemsworth (@liamhemsworth) a

16
Jul17

Tri-Curious | +Curta

Tri-Curious.jpg

 

"Tri-Curious" é uma comédia romântica, sobre um jovem casal gay, que decide colocar um terceiro elemento na sua relação. Mas quando um deles tem um ataque de ansiedade e pretende cancelar esse encontro a três, o "convidado" está prestes a chegar à casa dele...

 

15
Jul17

Eu quero-te e tu sabes disso

Untitled-1.jpg

 

Estou louco por abraçar-te

Estou louco pra ser teu

Quero aquecer-me nos teus braços

Quero sentir o teu respirar

Preciso mais do que nunca de ti

Preciso ouvir-te dizer... eu amo-te.

 

Sei que vais dize-lo

Sei que vais ser meu

Eu vou ser paciente

Eu vou esperar

Porque eu sei aquilo que sentes por mim

Porque eu sei aquilo que queres de mim.

 

É amor... é apenas amor

É amor estranho para ti mas... é amor

Nunca duvides desse amor

Nunca deixes os outros dizerem o contrário

Ouve apenas aquilo que eu te digo

Eu amo-te

Eu desejo-te

Eu quero-Te

 

Tu vais ser meu

Eu serei teu

E juntos... juntos seremos felizes

Acredita

Porque é verdade

Eu quero-te

E tu sabes disso

Não sabes??

 

(Este texto faz parte das minhas preciosidades do meu passado, numa altura em que tinha por aí uns 24 aninhos)

14
Jul17

I Am Michael | +Filme

I_AM_MICHAEL_still_James_Franco_on_stairs.jpg

 

Ao longo destes últimos anos, James Franco já nos habituou a dar-nos personagens estranhas, em filmes estranhos e onde constantemente, ele interpreta personagens homossexuais. Se ele é, ou não homossexual na vida real, disso ninguém sabe, pois ele adora confundir a cabeça das pessoas e manter tudo num grande mistério. No entanto, não sendo gay, ele é talvez o ator que mais vezes interpretou um homossexual no mundo do cinema. Ora vejam: ele já foi gay, namorado do Sean Penn no filme “Milk”; foi um escritor gay em “Uivo”; participou num estranho documentário, onde fez questão de estar presente na gravação de uma cena de sexo entre dois homens em “Interior. Leather Bar.”, filme esse que já passou aqui pelo MORE; foi um ex-gay no filme “I Am Michael”; e mais recentemente, foi um gay produtor de filmes pornográficos em “King Cobra”. E esses são apenas o que eu me recordo de momento. Ele já fez inúmeros filmes, participou em grandes e pequenas produções, continua a ser um ator muito requisitado pelos realizadores de cinema e eu devo confessar que gosto muito dele. Sim! Já tive um certo crush pelo ator, mas isso agora não interessa nada. O momento é para sugerir um filme do ator e não para falar das minhas fantasias com ele.

 

i-am-michael-zachary-quinto.jpg

 

Finalmente tive a oportunidade de assistir ao filme “I AM MICHAEL”. Há já muito tempo que andava ansioso por ver o filme, não propriamente por causa da história surreal, mas sim porque, como já aqui disse, gosto muito do James Franco, mas adoro também o restante elenco do filme, que é composto pelo assumidamente gay Zachary Quinto, a querida Emma Roberts e o super fofo Charlie Carver (que também penso ser assumidamente gay, ou será o seu irmão gêmeo?). Apesar dos grandes artistas que estão presentes no filme, tenho que confessar que este “I Am Michael” não foi de todo do meu agrado. Sinceramente não gostei do filme e muito por causa do tom surreal que está presente ao longo de todo o filme, apesar deste ser baseado em factos verídicos. Sim! Este filme conta uma história real! Quem é que no passado (e infelizmente ainda no presente) já não ouviu falar da ‘cura gay’? Quem é que no passado, já não teve a oportunidade de ler noticias acerca de um homem que era gay, mas que, entretanto, mais tarde virou pastor de uma igreja e começou a transmitir erradamente a palavra de Deus, dizendo que a homossexualidade é uma aberração da natureza? Pois bem, esse pastor se chama Michael e aqui neste filme, é o ator James Franco que interpreta esse ex-gay.

 

I-Am-Michael-Movie-1.jpg

 

Não sei se na vida real, esse tal Michael chegou a ter uma visão, uma estranha visão que o fez mudar de vida, mas neste filme, de forma como as coisas foram relatadas, nada fez sentido para mim. Tudo se tornou muito confuso, pois a meu ver, ninguém muda tanto assim de um momento para o outro. Essa história de cura gay não existe! Um ex-gay também não existe! No entanto, em “I Am Michael” seguimos a vida de Michael, ele que é um jovem defensor dos direitos homossexuais e escreve artigos na internet e numa revista direcionada ao público gay, de forma a ajudar os jovens gays americanos. Ele mantem um longo relacionamento com Bennett (Zachary Quinto) e para apimentar a relação dos dois, Tyler (Charlie Carver) passa a ser o terceiro elemento da relação. Aparentemente tudo está bem, eles são felizes, até que um dia, quando estão a fazer um documentário sobre os jovens gays americanos, Michael é confrontado com a palavra de Deus. E essas palavras fazem com que ele comece a ver a vida de outra forma. Deus começa a falar diretamente com ele e a deixar claro de que a vida de homossexual que ele está a seguir, não é o rumo certo a seguir. Assim, sem mais nem menos, Michael resolve mudar. Resolve dar ouvidos a esse tal Deus que fala com ele e muda a sua vida, dizendo pela internet de que deixou de ser um homem gay e começou a seguir o caminho certo, o caminho da heterossexualidade… Enfim!

 

I Am Michael_poster.jpg

 

Acho que se tivesse tempo e vontade, poderia escrever muito sobre o assunto deste filme que é a religião e o que a suposta palavra de Deus, faz na cabeça de certas pessoas. Mas não, não vou entrar por aí. Eu não sou um tipo religioso, não acredito em Deus e para mim, a Bíblia é o resultado da maior mentira que o Homem já contou ao longo de toda a humanidade. Mas isso são outras histórias. O importante aqui a salientar é que nada nesse filme para mim fez sentido. Deixou-me revoltado e claramente não vou querer pegar novamente neste filme. No entanto aqui fica a sugestão e se tu já viste o filme, ou tencionas vê-lo em breve, partilha comigo as vossas opiniões. Gostava de saber o que acham disse tudo…

Pág. 1/2

Os meus blogs

Calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exatamente!!! Excelente esse tutorial, se seguir i...

  • Mauro

    o Sergio Marone é um gatão.

  • Anónimo

    914370704

  • Anónimo

    Tem o livro? Quer vender?

  • Anónimo

    Olá tens previsão para a segunda temporada??

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.