Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

06
Jun17

Livros: Aquisições do mês de Junho

20170604_121523.jpg

 

Fui às compras! Parei na Bertrand e comprei mais dois livros, para juntar à minha biblioteca pessoal. Ainda não sei bem quando é que irei começar a lê-los, pois atualmente estou a concluir um livro que em breve irei falar dele. Mas também em breve, muito em breve, irei agarrar numa dessas novas aquisições e fazer desses novos livros, a minha companhia diária.

 

20170604_121541.jpg

 

Um dos livros comprei ao acaso. Vi a capa, gostei do título, a sinopse pareceu-me interessante e por isso, sem hesitar, resolvi trazer para casa o “Encontra-me” do escritor J.S. Monroe. Já o outro livro, trouxe-o para casa, mesmo com a intenção de o comprar. É que eu já tive a oportunidade de ver a série “Por Treze Razões” da Netflix. Gostei tanto dela que no final da série, disse para mim mesmo que tinha que comprar o livro da autoria de Jay Asher. E foi o que fiz! Já o tenho comigo, se bem que, tendo em conta de que a série ainda está muito presente na minha memória, só irei lê-lo daqui a uns mesitos, quem sabe. Mas quando isso acontecer eu irei partilhar com vocês a minha opinião, não só em relação ao “Por Treze Razões”, como também em relação ao “Encontra-me”.

 

E já agora aqui fica a pergunta: alguém por aqui já leu algum desses livros? E se leram, o que é que acharam deles? Gostava de saber as vossas opiniões e gostava ainda de receber novas sugestões de leitura, pois dia após dia, tenho percebido que a minha paixão pelos livros está cada vez maior.

 

Ah! E tenho que ver se não perco a Feira do Livro deste ano. Ainda esta semana irei tentar passar por lá e quem sabe, se lá mesmo, não chego a comprar novos livros.

06
Jun17

Como dizer adeus a Sense8?

sense8.jpg

 

Anda meio mundo a falar do mesmo e por isso, para não ser diferente, resolvi falar também da série SENSE8, a série que tem gerado uma enorme onda de revolta por entre os seus fãs, e isso porque sem qualquer razão aparente, os grandes do Netflix, resolveram cancelar a série. Sim! Caso ainda não tenhas conhecimento, coisa que eu duvido, a série que todos nós amamos foi cancelada no final da segunda temporada e infelizmente, já não vamos poder acompanhar mais a histórias dessas 8 personagens maravilhosas criadas pelas irmãs Wachowski.

 

Sense8-2a-temporada-01_eXf2rbl.png

 

Eu confesso! Sou um grande fã da série. Quando aderi ao Netflix, demorei um pouco até chegar ao Sense8, mas quando cheguei até ela, fiquei inteiramente fascinado. Achei a série super interessante, super original e com personagens que facilmente fizeram-me ficar apaixonado. Em pouco tempo, assisti aos 12 episódios da primeira temporada e fiquei simplesmente deliciado. Não só pela história, não só pelos vários locais de filmagem, não só pela maravilhosa realização e montagem, como também por causa de todos os seus personagens. Personagens maravilhosos, muito bem interpretados por atores fantásticos, que facilmente faziam-me sentir como um deles, até porque, a série, deixando de lado o tom surreal da história, sempre apresentou temas que para mim são muito familiares. A homossexualidade, a transsexualidade, a aceitação por parte da família e amigos, enfim… A série conseguiu mesmo atingir o meu coração e eu fiquei de imediato fã. Aliás, meio mundo ficou fã da série e assim que terminou a primeira temporada, todos ficaram a aguardar ansiosamente pela segunda, que só veio a chegar um ano depois. Entretanto, no passado dia 23 de Dezembro, a Netflix presenteou-nos com um Especial de Natal, que apesar de não apresentar nada de novo, continha várias cenas com todos os protagonistas juntos e claro, com uma nova cena de orgia que… meu Deus!! Mas já falo mais sobre isso. O que importa agora é que, no mês passado, ficaram então disponíveis os 10 episódios da segunda temporada (que eu ainda não tive a oportunidade de ver), e que agora, um mês depois, recebemos a triste noticia do seu cancelamento. E ao que parece, muitas são as perguntas que ficaram por responder.

 

sense8-segunda-temporada.jpg

 

Como é óbvio, a revolta é geral. Nunca, em tantos anos de televisão, nós tivemos uma série como Sense8, que mostrou sem rodeios, a diversidade não só em termos sexuais, como também a nível de etnias. Uma série que fez com que muitos se identificassem com ela e agora, assim do nada, somos surpreendidos com essa triste notícia. A Netflix agiu mal perante os seus inúmeros fãs e por isso, foi criado uma petição para que a série não se despeça de nós assim sem mais nem menos. Petição essa que qualquer um pode assinar e assim, ajudar a pressionar os grandes da Netflix a voltarem atrás com a palavra e em breve, darem-nos a grande noticia de que afinal, tudo não passou duma mentirinha e que a série irá continuar. Eu espero muito sinceramente que isso venha realmente a acontecer. Entretanto, partilho agora com vocês um vídeo que tem andado a circular pela internet, que tenciona eternizar os maravilhosos personagens que está série tem. É a despedida!

 

 

Ainda esta semana voltarei a falar sobre a série, mas espero ainda voltar a falar mais sobre ela num futuro próximo. Por isso até já!!

05
Jun17

O coração de Simon contra o mundo (de Becky Albertalli) | +Livros

Descobri há uns dias atrás, que um dos livros que li em formato digital, está já disponível em formato físico (em papel) nas nossas livrarias portuguesas. Na altura, quando tive a oportunidade de ler o livro “Simon vs. A Agenda Homo Sapiens” da escritora Becky Albertalli, o livro ainda não estava à venda nosso país e por isso, para o ler, tive que adquirir através do Google Play a versão digital do livro. No entanto, para os que estão interessados em acompanhar esta bela história de amor e de amizade, o livro está já à venda em qualquer livraria do nosso país, mas atenção, o livro foi traduzido para português de Portugal com um novo título. Se procurares ele por “Simon vs. A Agenda Homo Sapiens”, não o vais encontrar, pois ele por aqui chama-se “O CORAÇÃO DE SIMON CONTRA O MUNDO”. E mais uma vez reforço a minha sugestão. O livro vale a pena, é engraçado, é querido e por isso, se tinhas receio, ou és daqueles que odeia ler livros pelo smartphone ou tablet, então agora já não tens desculpa para não adquirires este livro.

 

O CORAÇÃO DE SIMON CONTRA O MUNDO.jpg

 

Eu em breve, assim que possível, numa futura ida à Feira do Livro em Lisboa, quem sabe se não irei comprar este livro da Becky Albertalli, para juntá-lo à minha coleção…

05
Jun17

Renan Peres (by Iuri Francisco) +Beleza Masculina

Já há muito que a Beleza Masculina não era realçada aqui pelo MORE mas hoje resolvi matar saudades dessa beleza, que nunca é demais para os nossos olhos. O modelo que hoje dá o ar da sua graça aqui pelo blog, chama-se RENAN PERES e… digam lá se ele não é lindo de morrer? Lindo! Mesmo muito lindo!!

 

Renan-00.jpg

 

É impossível resistir a um moreno todo tatuado. Eu adoro e vocês??

 

Para ver mais…

04
Jun17

...e não é que ele frequenta mesmo o ginásio onde eu vou treinar??

Dia após dias, lá tenho ido eu ao ginásio, na luta constante de perder peso. Bem! Acho que hoje em dia vou é mesmo para ter uma vida mais ativa. Para estar menos tempo sentado no sofá a ver TV e para praticar mais exercício físico que é importante para a saúde. Mas isso agora não é importante. Importante mesmo é partilhar com vocês algo, que eu tenho a certeza que vai gerar uma certa inveja entre alguns de vocês. Sabem com quem é que eu tenho treinado com alguma frequência no ginásio? Já aqui tinha partilhado com vocês, há uns tempos atrás, que o ator António Camelier, frequentava o mesmo ginásio que eu (se bem que nunca mais o vi por lá). Na altura, na brincadeira, até disse que não me importava nada se o ator ISAAC ALFAIATE frequentasse também o mesmo ginásio que eu e… não é que ele frequenta mesmo o ginásio onde eu vou treinar?? Sim! O podre de bom do Isaac vai treinar no mesmo local que eu e felizmente, eu já tive a sorte de o ver várias vezes, de cruzar-me várias vezes com ele e de suspirar vezes sem conta por causa dele. O homem é mesmo lindo! Lindo de morrer…

 

14033524_997482137035596_867412982_n.jpg

 

Imagino agora que alguns de vocês devem estar a roerem-se de inveja, mas… a sorte não é para todos! E talvez, felizmente nisso eu tenho um pouco de sorte. Agora só me falta mesmo ver o Pedro Teixeira, ou até mesmo o Lourenço Ortigão para eu ficar feliz da vida.

 

14712168_915450235251838_883211117629800448_n.jpg

IsaacAlfaiate-CelsoColaco-GQPortugal-HLP1.jpg

 

Ah! E em relação ao Isaac Alfaiate, tenho um episódio do passado para partilhar com vocês, mas em relação a isso, irá ficar para uma próxima vez…

04
Jun17

O mundo está perdido...

…completamente perdido!!

 

Hoje, foi mais um dia em que acordamos com a noticia de um novo ataque (terrorista) em terras de sua majestade. No espaço de um mês, a cidade de Londres foi já vítima de alguns ataques e infelizmente, isso parece que não irá ter fim. Anda por aí, muita gente doida. Pessoas que alegam fazer atos terríveis em nome de um Deus. Pessoas que se sujeitam a serem elas próprias as bombas, de forma a aterrorizarem o mundo. Notícias de ataques terroristas estão a ser frequentes. E é pena ver no que é que o mundo se está a tornar.

 

Aqui em Portugal as coisas ainda estão calmas. Felizmente ainda não houve nenhuma cidade de Portugal a ser atacada por esses terroristas, mas é impossível não sentirmos o terror cá dentro. O terror está dentro de nós, sempre que acordamos e ouvimos as notícias do dia. E eu particularmente não gosto muito de falar sobre esse assunto. Prefiro usar este blog, como um escape às coisas terríveis que acontecem à nossa volta, onde posso dizer e mostrar muitas coisas disparatadas e onde o terror do dia a dia, não está presente nos artigos deste blog. Mas hoje acordei com a necessidade de falar disso.

 

O mundo está perdido e infelizmente, muitas são as vítimas que são levadas por esse terror sem fim. E a essas vítimas, só nos resta mesmo é rezar por elas e continuar a ter esperança de um mundo melhor…

03
Jun17

Christopher And His Kind | +Filme

Para esta noite deixo-vos com a sugestão de um filme que por acaso até gostei. Quando comecei a ver este “CHRISTOPHER AND HIS KIND” não sabia nada acerca dele, mas mesmo às escuras – que é coisa que eu faço com frequência – eu resolvi arriscar e acabei até por gostar. Este telefilme não é assim nada de especial mas chega a ter o seu encanto e por isso eu acho que vale a pena perderem algum do vosso tempo a vê-lo.

 

2607733.jpg

 

Baseado em fatos reais, retracta os primeiros anos de formação do escritor Christopher Isherwood (autor de "A Single Man" em 1964 ), época em que saiu da Inglaterra para morar em Berlin, na Alemanha. Homossexual, Christopher vivenciou a liberdade sexual que existia na Alemanha no período pré-2ª Guerra Mundial, sobre a qual retrataria em sua obra, sendo a mais famosa “Goodbye to Berlin” (1939), transformado no musical “Cabaret” (1966).

 

Se aceitarem esta minha sugestão, não se esqueçam depois de partilharem aqui comigo, a vossa opinião. Pode ser?!

 

CHRISTOPHER AND HIS KIND1.jpg

 

Então tenham todos uma ótima noite e aproveitem ao máximo o fim de semana…

03
Jun17

A verdade sobre o caso Harry Quebert (de Joël Dicker) | +Livros

E cá estou eu para falar de mais um livro. Há uns dias atrás, terminei de ler um livro, que sem qualquer dúvida, tornou-se num dos meus livros favoritos. Estou a falar do livro “A VERDADE SOBRE O CASO HARRY QUEBERT” do escritor JOËL DICKER e que eu desde já recomendo a sua leitura. Se gostas de livros policiais, de crime, eu diria que tenho quase a certeza absoluta de que irás gostar deste livro, que apesar das suas quase 700 páginas, lê-se num ápice. Basta entranhar-se na história para dificilmente conseguirmos parar de ler. Eu confesso que este foi o livro com o maior número de páginas que eu já li, mas confesso ainda que foi talvez o livro em que mais rapidamente eu cheguei ao fim. Estava tão empolgado com a escrita de Joël Dicker, que era difícil largar o livro. Qualquer tempo livre que eu tinha, era motivo para estar agarrado a ele e fiquei madrugadas a dentro a lê-lo, tudo para tentar desvendar mais rapidamente o mistério que está presente nesta verdade sobre o caso Harry Quebert.

 

CAPACASOHARRYJPG.jpg

 

A primeira vez que ouvi falar deste grande livro, foi através de um blog que sugeria a sua leitura (e que infelizmente agora não me recordo que blog era esse). Eu, ao ler a opinião da autora do blog e depois de ler a sinopse do livro, fiquei de imediato fascinado e tratei logo de o comprar. Eu já sabia dessa minha paixão por romances policiais, pois alguns dos meus livros favoritos, contam histórias de pessoas desaparecidas, de muitos mistérios em que o protagonista (policia ou não) tenta a todo o custo desvendar esses mistérios, mas há já algum tempo que tinha dado uma pausa nesse género de livros. No entanto, foi com enorme prazer que desfolhei cada página deste “A verdade sobre o caso Harry Quebert”, que conta a história de um desaparecimento ocorrido nos anos 70. Com apenas 15 anos, a jovem Nola Kellergan desaparece sem deixar rastos e só ao fim de 30 anos, é que se chega a descobrir o que realmente aconteceu à jovem. E é verdadeiramente apaixonante, ler página a página, na tentativa de descobrir o que aconteceu, de seguir cada pista que vai surgindo, desconfiado de tudo e de todos, para no final, sermos surpreendidos com a verdade. Vale mesmo a pena ler, pois bons momentos vocês vão viver na companhia das palavras deste escritor que eu desconhecia por completo, mas que vou começar agora a ficar atento a ele.

 

SINOPSE:

Verão de 1975. Nola Kellergan, uma jovem de quinze anos, desaparece misteriosamente da pequena vila costeira de Nova Inglaterra. As investigações da polícia são inconclusivas. Primavera de 2008, Nova Iorque. Marcus Goldman, escritor, vive atormentado por uma crise da página em branco, depois de o seu primeiro romance ter tido um sucesso. Junho de 2008, Aurora. Harry Quebert, um dos escritores mais respeitados do país, é preso e acusado de assassinar Nola, depois de o cadáver da rapariga ser descoberto no seu jardim. Meses antes, Marcus, discípulo de Harry, descobrira que o professor vivera um romance com Nola, pouco tempo antes do seu desaparecimento. Convencido da inocência de Harry, Marcus abandona tudo e parte para Aurora para conduzir a sua própria investigação.

Pág. 3/3

Os meus blogs

Calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.