Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

20
Mar17

Os Super-Heróis da Netflix

Os super-heróis estão na moda! Para falar a verdade eu acho que sempre estiveram na moda, mas agora, seja no cinema ou na televisão, eles estão cada vez mais presentes na nossa vida, fazendo a alegria de muita gente. E seja do universo MARVEL ou DC, o que não tem faltado por aí, são mesmo séries e filmes que todos os anos estão a surgir e vão continuar a surgir pelo menos até ao ano 2020. Por isso até lá, muita coisa nova ainda vai surgir. E se é para falar em novidade, os mais atentos a todo este universo dos super-heróis, já devem ter reparado que na passada sexta-feira, estreou no Netflix, mais uma série de super-heróis da Marvel. Poi é! A Netflix tem apostado forte em séries com personagens da Marvel, personagens que eu desconhecia por completo, pois nunca fui fã das bandas desenhadas, mas que agora, tenho adorado essas séries e esses personagens pouco conhecidos. Começou pelo “DAREDEVIL” e agora, a novidade é o “IRON FIST”, série que eu tenho acompanhado e é bem provável que até ao momento de ser publicado este artigo, eu já tenha visto todos os episódios da série. Mas antes mesmo de falar do “Iron Fist”, vou aqui falar das séries anteriores. Falar um pouco apenas para dar a minha breve opinião sobre essas séries de sucesso da Netflix, onde muita coisa nova ainda está para surgir.

 

JESSICA JONES (1 temporada – 13 episódios)

146121_9a36e6306b8d405fa49de838735746e0.jpg

 

Não foi a primeira série de super-heróis a estrear na Netflix, mas foi o meu primeiro contacto com a Netflix. A primeira vez que aderi a esse serviço de streaming, ainda num período grátis e experimental, foi numa altura em que “Jessica Jones” tinha estreado há bem pouco tempo e por isso, a curiosidade era muita. No entanto, como na altura ainda tinha um velho televisor que não tinha acesso a net e por isso, se quisesse ligar-me ao Netflix teria que ser pelo smartphone, não tive cabeça para acompanhar a série por um pequeno ecrã. E nesse período experimental, deixei passar a série. Só algum tempo depois, quando finalmente já tinha uma televisão em condições e voltei a aderir ao serviço, desta vez já a pagar, é que arrisquei em ver a série e confesso-vos que de imediato, fiquei agarrado à Jessica. Bem! Para falar a verdade não foi de imediato. Tenho que admitir que o primeiro episódio não foi assim muito cativante, mas principalmente porque desconhecia por completo a personagem, a história e o que vinha nos próximos episódios. Mas não desisti! Como não sou adepto de surpresas, pesquisei um pouco sobre a série e arrisquei em ver o segundo episódio e aí sim, apaixonei-me. Fiquei de tal forma agarrado/viciado à série que em menos de 4 dias, já eu tinha consumido todos os episódios da série. E que episódios meu Deus! Houve ali momentos em que eu pulei do sofá, em que eu me exaltei e tudo por causa do personagem Kilgrave que… incrível!! Que personagem maravilhoso, que vilão espetacular, enfim!! A série surpreendeu-me pela positiva.

 

No papel de Jessica Jones, temos a já muito conhecida atriz Krysten Ritter, que aqui faz um trabalho maravilhoso. Mas para além dela, outros são os artistas que brilham nesta série, como é o caso da Rachael Taylor (que está fantástica), do David Tennant (que acho que interpreta o meu vilão favorito), a Carrie-Anne Moss (maravilhosa como sempre) e ainda, uma Rosario Dawson que interpreta a mesma personagem, em todas as séries dos super-heróis da Netflix. Conclusão: com um elenco maravilhoso e um enredo ainda mais maravilhoso, o resultado só podia mesmo ser brutal. Adorei! Assistir à série foi uma experiência fabulosa e agora, não vejo a hora de chegar uma segunda temporada e ver o que vêm por aí.

 

DAREDEVIL (2 temporadas – 26 episódios)

maxresdefault.jpg

 

Ao contrário das restantes séries de super-heróis da Netflix, em que eu nunca tinha ouvido falar dos seus personagens, o Daredevil eu já tinha conhecimento e isso porque, Ben Affleck no cinema já tinha interpretado esse mesmo personagem no cinema, num filme em que na altura (e ainda hoje) não foi muito bem-recebido pela crítica. Não me lembro se cheguei a gostar do filme, mas uma coisa é certa, esta série, que foi a primeira aventura da Netflix no universo da Marvel, é realmente espetacular. Eu adoro-a! É a única que até ao momento já vai na sua segunda temporada e cada episódio da série tem conseguido cativar-me. Confesso que a primeira temporada foi mais emocionante para mim, onde em menos de uma semana, eu assisti a todos os episódios. A segunda temporada tem sido mais difícil terminar, pois acho que essa segunda temporada perdeu um pouco a essência da primeira. No entanto, apesar de andar a arrastar com os episódios, estou igualmente a gostar pois… é impossível não se apaixonar por essa personagem. Por esse inusitado super-herói, que durante o dia, na pele de advogado defende as minorias e à noite, na pele do Daredevil vai atrás dos grandes vilões, sendo que este herói tem uma grande particularidade, é cego!

 

Também aqui, para além do enredo ser fantástico, o elenco é cinco estrelas. A série é protagonizada por um ator que eu desconhecia, mas que já virei fã. Charlie Cox está maravilhoso ao interpretar o Daredevil e ele é super fofo, super querido, com um corpo delicioso, enfim, fiquei mesmo apaixonado. O homem é lindo e juntamente com Deborah Ann Woll (Karen) e Elden Henson (Foggy), fazem um trio maravilhoso. E o que dizer do Vincent D'Onofrio que interpreta o terrível vilão? Soberbo! O papel de Fisk encaixou perfeitamente no ator e todos juntos, fizeram uma série 5 estrelas. Eu recomendo, apesar de ainda não ter visto o final da segunda temporada e ao que parece, a terceira já está a caminho…

 

LUKE CAGE (1 Temporada – 13 Episódios)

luke_cage.jpg

 

A primeira vez que tive conhecimento da personagem Luke Cage, interpretado pelo ator Mike Colter, foi na série “Jessica Jones”, é lá que ele se apresenta e é a partir dos desenvolvimentos que ocorrem na “Jessica Jones” que segue depois a história a solo deste personagem que tem tipo um corpo de aço. Nada o afeta, nada o magoa e por isso, ele à partida parece invencível, mas claro, como qualquer super-herói que se preze, também ele tem os seus pontos fracos. Mas se me perguntarem que pontos fracos são esses, eu lamento, mas não saberei responder. E isso porque eu apesar de já ter assistido ao primeiro episódio da série, ainda não me sinto muito entusiasmado com ela. Não me identifico com esse super-herói e por isso ainda não quis arriscar. Sei, pelas críticas que vi pela internet, que a série até nem é má de todo. É mais fraca que as anteriores, mas está boa. Eu é que ainda não me quis aventurar nessas aventuras do Luke Cage e por isso, nada mais tenho a dizer em relação a ela. Pode ser que em breve eu mude de ideias e arrisque o meu tempo em vê-la, mas para já ainda não me sinto tentado. Talvez seja um erro meu, mas… que posso eu fazer?

 

IRON FIST (1 Temporada – 13 episódios)

KICK_Danny_UK_SG_copy.jpg

 

E foi no passado dia 17 de Março de 2017, que esta nova série estreou no Netflix. E eu, como nessa ultima semana fui “obrigado” a estar em casa, numa altura em que nada tinha de novo para ver na TV, liguei o Netflix e arrisquei em acompanhar essa novidade. Nesse mesmo dia, cheguei a ver 5 episódios seguidos e daquilo que vi, até gostei muito. Confesso que não percebi muito bem a origem, a história desse novo super-herói, mas daquilo que vi gostei e quero saber mais. Acho que até ao dia de hoje, dia em que irei publicar o artigo, já eu tenha visto todos os episódios da série e depois, terei se calhar uma opinião diferente. Mas para já, daquilo que vi, interessei-me. É diferente e claramente não tem o mesmo encanto que a Jessica Jones e o Daredevil mas aqui está mais outra série que eu recomendo. Vale a pena arriscar!

 

E fico-me por aqui no que diz respeito a super-heróis da Netflix/Marvel. Sei que em breve, outra grande série irá surgir dessa boa parceria, série essa que irá juntar todos esses super-heróis. Mas como isso será só para o ano, para já, caso não conheçam nenhum desses heróis, arrisquem. Acho que vão gostar. Claro que eles não são nenhum Thor, o Capitão América, qualquer um dos Vingadores, mas são super-heróis que vale a pena conhecer.

20
Mar17

Estou apaixonado pelo meu Personal Trainer...

Sim! Parece mentira, mas é a mais pura verdade. Tentei resistir, tentei evitar, negar, tentei apagar da minha memória certas coisas que vi, mas não foi possível. O maldito do cupido atingiu-me como uma seta no coração e agora não há volta a dar. Estou apaixonado! É estúpido! Eu sei! É ridículo, é coisa de adolescente, mas que poderia eu fazer?

 

Como já aqui disse algumas vezes, eu no passado mês de fevereiro inscrevi-me num ginásio que fica bem próximo da minha casa. E apesar de na última semana não ter ido treinar com a regularidade que queria, pois tive um problema de saúde que me deixou de baixa médica, a verdade é que tenho ido muitas vezes. Hoje mesmo, estou agora a escrever este artigo e daqui a pouco lá vou eu para o sacrifício. Bem! Na verdade, não será de todo um sacrifício, pois hoje, segunda-feira, eu irei treinar com o meu PT. Sim! Penso que também já aqui tinha dito que tinha contratado os serviços de um Personal Trainer. Serviço esse que é um pouco dispendioso, mas que foi a solução que eu arranjei para mais rapidamente conseguir atingir os meus objetivos. Desde o dia 28 de fevereiro, eu tenho treinado então com o PT duas vezes por semana e apesar de ainda não ter ido à balança, já me sinto diferente. Não sei se emagreci, mas a verdade é que o meu corpo está diferente. Pelo menos, já consigo fazer algumas coisas que antes era impensável fazer, como agachamentos e flexões. Esse meu PT, com o tempo, conseguiu fazer com que eu fizesse coisas que antes, eu não conseguia fazer e só por isso, já está a valer a pena pagar o valor que pago. Ele é um ótimo profissional e em menos de um mês, já percebeu os meus limites e tem feito de tudo para me ajudar no meu objetivo. Mas para além de um ótimo profissional, o meu PT é… enfim!! O homem é lindo! Lindo! Mesmo muito lindo! É super lindo e claro, um coração mole como o meu, um coração carente como o meu, facilmente deixou-se levar pelos seus encantos.

 

Quando entrei no ginásio, fiquei de contar-vos mais vezes por aqui, as aventuras que tenho passado pelo ginásio. Sim! Porque uma ida ao ginásio é sempre uma grande aventura. Uma aventura que inicialmente me faz suar que nem um porco, mas que logo depois, me leva rapidamente ao paraíso. Fiquei mesmo de contar essas minhas aventuras, mas depois, percebi que não tinha muito tempo para escrever. Mentira! O que eu não queria escrever era mesmo isso. Era escrever que estou apaixonado pelo meu PT. Para falar a verdade nem sei mesmo se é paixão, se é obsessão ou se é apenas carência. Tenho andado muito carente e por isso, conhecendo-me como eu já me conheço, é natural que eu fique fascinado pelo homem que é super simpático, que é super atencioso e que por diversas vezes já me disse que eu posso e devo, usar e abusar dele. Mas vamos com calma. Com tempo – que eu irei arranjar maneira de ter – eu vou contar-vos essas minhas aventuras pelo ginásio e essa minha paixão pelo meu PT.

Os meus blogs

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Aprendi . QUE EU TENHA SORTE. VAI SER A PRIMEIRA V...

  • Anónimo

    so de ler ja estou com tezão

  • Anónimo

    o banho tem secções no meu ginasio e por isso nimg...

  • Carlos Lontro

    A minha sobrinha é lésbica mas os meus pais e irmã...

  • Carlos Lontro

    comenta comigo pelo face e eu dote uma ajuda a per...

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.