Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

18
Jan17

A Cada Dia (de David Levithan) | +Livros

Já se está a tornar um habito falar de David Levithan aqui no MORE. Ele que é um escritor americano, que já foi mencionado neste blog através de um filme que está disponível no catalogo da Netflix e ainda, através de uma sugestão de leitura. E por tratar-se de um escritor, por quem eu começo a ter um especial carinho, tenho a certeza que em breve vou continuar a falar dele mais vezes. E desta vez, a razão para eu estar aqui a falar do escritor, é que terminei há bem pouco tempo de ler, um dos seus grandes sucessos chamado “A CADA DIA”. Esta é uma história fenomenal, muito bem contada e de fácil leitura e claro, recomendo-vos a leitura deste livro, pois tenho a certeza que irá valer a pena.

 

Neste livro, David Levithan através de um só personagem, chamado ‘A’, dá-nos a conhecer uma série de outros personagens. Todos eles muito diferentes, todos muito interessantes, com histórias de vida tocantes, mas que graças ao grande amor de ‘A’, todos eles buscam o amor pela mesma rapariga.

 

Confesso que cheguei a esse livro, por de uma certa forma abordar uma temática gay e como ultimamente tenho andado à caça de livros com essa temática, foi com um grande entusiasmo que comecei a ler esse livro, mas tenho que admitir que o final, na minha opinião, deixou muito a desejar. Fiquei um pouco desiludido com o desfecho da história, pois imaginava que ele viesse a terminar de uma outra forma, mas valeu apena! Não digo que vá fazer parte da minha lista de favoritos, mas é sem dúvida um livro a ter em conta e por isso, aqui fica a recomendação e depois partilhem a vossa opinião em relação ao livro.

 

A Cada Dia.jpg

 

Sinopse do livro: A cada dia, A acorda no corpo de uma pessoa diferente. Nunca sabe quem será nem onde estará. A já se conformou com a sua sorte e criou regras para a sua vida: Nunca se apegar muito. Evitar ser notado. Não interferir. Tudo corre bem até que A acorda no corpo de Justin e conhece Rhiannon, a namorada de Justin. A partir desse momento, as regras de vida de A não mais se aplicam. Porque, finalmente, A encontrou alguém com quem quer estar a cada dia, todos os dias.

18
Jan17

Please Like Me | +Televisão

Há uma série, que já está disponível há algum tempo no catalogo da Netflix que vocês não podem perder. Se ainda não chegaram até ela, então fiquem agora atentos a esta minha nova sugestão, pois eu tenho a certeza que ela será do teu agrado. Pelo menos, se fores daqueles que gosta de uma boa comédia negra, que mistura momentos de rir até não conseguirmos mais, com momentos de chorar sem parar, então este “PLEASE LIKE ME” é perfeito para ti.

 

PleaseLikeMe_01.jpg

 

Cheguei até esta série australiana, muito por acaso. Numa noite em que nada tinha para ver na TV, andei há procura de algo interessante pelo Netflix e de repente, surgiu à minha frente, este “Please Like Me”, uma série da autoria de Josh Thomas, que é também o protagonista e que pela Austrália, já arrecadou vários prémios de melhor série e melhor elenco. E esses prémios foram merecidos, pois a série é espetacular. Cada episódio da série é fantástico e o elenco é também maravilhoso. E depois as histórias são tocantes, são familiares, são de chorar, rir e de viver todas as emoções possíveis em apenas 25 ou 30 minutos. Tenho que confessar que esse achado foi uma grande surpresa para mim e acho até, que esta é já a melhor série que vi ao longo do ano de 2016. Pelo menos está já na lista das melhores séries, pois pelo Netflix, encontrei ainda outras séries muito boas e dignas de serem consideradas as melhores.

 

Neste “Please Like Me”, acompanhamos a vida de Josh, um jovem que divide uma casa com o seu melhor amigo Tom (que é um fofo!) e que para além dos seus vários dilemas, têm ainda que saber lidar com os problemas da mãe, divorciada e numa profunda depressão e ainda com os problemas do pai, que vive agora com uma tailandesa bem mais jovem do que ele. A série começa com Claire, namorada e melhor amiga de Josh, a terminar o namoro com ele, pois antes mesmo dele dar-se conta da sua homossexualidade, já ela tinha percebido que ele era diferente. Nesse mesmo dia, ele chega realmente à conclusão de que é gay e de um momento para o outro, começa a relacionar-se com Geoffrey, um colega de Tom e que é lindo, muito lindo e com um corpo que… enfim! A sorte grande vai mesmo bater à porta do patinho feio que é o Josh mas é também nesse mesmo dia, onde ele começa a descobrir outros prazeres da vida, que ele tem que saber lidar com a tentativa de suicídio da sua mãe. Tudo isso acontece no primeiro episódio, mas ao longo das três temporadas que estão disponíveis na Netflix, muita coisa acontece. Momentos tristes, momentos insólitos, momentos de rir até chorar, enfim, esta é mesmo uma série completa e que em cinco noites, devorei de uma só vez, as três temporadas, os 26 episódios e agora, não vejo a hora da nova temporada, que na Austrália estreou no passado mês de Novembro, chegar agora ao Netflix pois eu já tenho imensas saudades deste “Please Like Me”.

 

PleaseLikeMe_02.jpg

 

Para aqueles que estão na dúvida em relação à série, vejam pelo menos o primeiro episódio. Depois disso, tenho a certeza absoluta de que não vou conseguir deixar essa série para trás. Duvidam? Então depois passam por aqui e deixem os vossos comentários.

Os meus blogs

Calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.