Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

10
Dez16

Unconditional | +Filme

Unconditional.jpeg

 

Há já imenso tempo que estou para escrever sobre este filme mas tenho estado sempre a adiar. E de hoje não passa! Hoje irei falar um pouco deste “UNCONDITIONAL”, um filme que apesar de ter gostado, ainda continuo com um pé atrás em relação a ele e não sei bem explicar porquê. Ou melhor! Talvez até sei. Este filme conta uma história que não é muito frequente se ver em outros filmes e talvez seja isso que tenha-me deixado um pouco confuso em relação a ele.

 

Neste “Unconditional”, encontramos o actor Christian Cooke – que meu Deus! é lindo de morrer – a interpretar o personagem Liam, um homem com uma boa vida, uma boa casa, um bom emprego, com um bom carro, enfim, tudo nele parece ser bom demais e poderíamos até dizer que ele tem todos os atributos necessários para conseguir conquistar uma mulher mas… as coisas não são bem assim! Através de Kristen (Madeleine Clark), que procura-o no seu emprego para pedir um empréstimo, Liam conhece Owen (Harry McEntire), o irmão gêmeo de Kristen. Os dois são muito próximos um do outro e praticamente não têm vida social. Vivem um para o outro e ainda para a mãe deles que está gravemente doente. Apesar de muito jovens, são os dois irmãos que tomam conta da mãe e da casa mas Kristen ambiciona uma vida melhor para si. Por isso pede o empréstimo, apaixona-se por Liam e está disposta a conseguir o amor daquele homem. O problema é que Liam não esta interessado em Kristen mas sim em Owen e o jovem cedo apercebe-se que também está apaixonado por Liam. Os dois começam então uma relação mas uma relação muito fora do normal. Sem nunca assumir que é gay e que gosta de homens, Liam obriga Owen a vestir-se de mulher sempre que estão juntos e assim, ele pode dizer que mantém um romance normal com uma mulher, como se de uma relação heterossexual se trata-se. E se no início, Owen até sujeita-se a passar por esse papel de mulher, mais tarde ele irá perceber que irá querer muito mais do que viver uma mentira, só que Liam não está para suportar essa verdade.

 

 

O filme tem uma história interessante e como já aqui disse, acho que não é frequente vermos uma história contada assim dessa forma e eu gostei. Claro que faz-me confusão ver a personagem Owen a sujeitar-se a essa loucura do Liam. Mas aqui dá para perceber que por amor, uma pessoa é capaz de tudo mas só até a um determinado limite. Limite esse que Owen irá impor mais tarde, correndo o risco de ver Liam ser severamente agressivo com ele. Enfim! O filme pode não ter grandes actores, e o desempenho deles até não ser nada de especial, mas a verdade é que o realizador Bryn Higgins, soube contar aqui uma história cativante. Uma história de amor, paixão, revolta, mágoa e que eu sugiro que vejam numa dessas noites quentes de verão.

10
Dez16

Bolachas (de Chocolate / Limão) | +Cozinha

Bolachinhas.jpg

 

Hoje fui novamente para a cozinha e se queres algo bom, barato e fácil de fazer para o teu lanche, então sugiro que coloques tu também um avental e vem comigo para a cozinha. Tenho a certeza que não te vais arrepender.

 

Eu gosto muito de Chá! Sim! É verdade! Adoro! No entanto confesso que quando chega o verão, eu praticamente nem me lembro deles. O calor é tanto, que tudo o que eu menos quero é pensar em coisas mais quentes ainda. Mas quando chega o outono, o tempo mais frio, toca a lembrar-me deles e a encher o meu armário de bons chás. Neste momento já tenho um bom stock de chás, de vários sabores, para me fazerem companhia nesses dias frios em que eu fico em casa, aconchegado com uma manta, sentado no sofá e a ver televisão. Sabe tão bem, não é?! E o que é que sabe melhor ainda? Umas deliciosas bolachas para acompanhar o chá. Uiii! Já estou com água na boca só de pensar! Mas eu não preciso pensar! Preciso é fazer mas… espera lá?! Eu já fiz! Pois é! Hoje fiz duas variedades de bolachas, que irão acompanhar os meus Chás das 5, para os próximos dias. E foram elas as BOLACHAS DE CHOCOLATE e as BOLACHAS DE LIMÃO. E através da foto, pode até nem dar para perceber, mas a verdade é que elas estão deliciosas. Arriscas a fazê-las?!

 

20161104_165246.jpg

 

Quanto à receita, para vocês fazerem, ela é muito simples! Basicamente as duas variedades de bolacha fazem-se das duas formas. A única diferença entre ambas é a óbvia. Enquanto que uma leva chocolate, a outra limão, mas o procedimento depois é o mesmo para as duas. Aliás! Tenho que confessar que esta receita de bolachas, foi retirada de um dos livros que acompanha a compra da Bimby. Pois é! Eu fiz elas através da Bimby mas claro, podem também ser feitas através de um outro processador qualquer. Tenho a certeza que o resultado será o mesmo. Mas sigam a receita e aventurem-se na cozinha.

 

(clica na imagem e faz download para colecionares mais esta ficha de culinária)

 

E agora que já há bolachas para o Chá das 5, pois eu acredito que venham a experimentar fazer, eu fico depois à espera que partilhem as vossas opiniões e quem sabe fotos, aqui com o Homem na Cozinha

03
Dez16

Geography Club | +Filme

Geography Club.jpeg

 

Eu já não tenho muita paciência para comédias de adolescentes, onde os jovens tudo fazem para deixarem de serem virgens. Filmes assim há aos pontapés e eu sinceramente já nem gosto de perder tempo com eles. Por isso, quando tomei conhecimento deste “GEOGRAPHY CLUB”, achei que este teria mais do mesmo. Piadas desinteressantes e jovens carregados de testosterona e prontos para disparar em qualquer direcção. Mas não! Em relação a esse filme eu estava completamente enganado e tenho que confessar que este filme foi uma agradável surpresa.

 

Apesar do nome, “Geography Club”, este filme nada tem a ver com geografia. O nome é apenas para despistar algumas pessoas a fim de não imaginarem quem é que realmente participa nesse clube. O filme é protagonizado pelo actor Cameron Deane Stewart, que aqui interpreta o jovem Russell. Um jovem normal como todos os outros e que está agora a descobrir a sua sexualidade. Ele apaixona-se pelo jogador de rugby da sua escola, um jovem muito bonito e popular, que corresponde ao seu amor. Em segredo os dois mantêm uma relação que cedo é descoberta por Min (Ally Maki), uma jovem que também guarda alguns segredos e que é a responsável pelo clube de geografia da escola. Após descobrir que Russell é gay, Min convida-o a fazer parte do clube e é assim que Russell descobre do que realmente se trata aquele clube. Um clube onde se encontram todos aqueles que se sentem estranhos por causa da sua orientação sexual. E apesar de Russell inicialmente ficar com um pé atrás em relação àquele clube, a verdade é que é ali que ele irá encontrar grandes amigos e descobrir que é feliz, mesmo que o seu amor não queira fazer parte da sua vida.

 

 

O filme tem realmente personagens típicos de outros filmes, como o jovem Gunnar (Andrew Caldwell), melhor amigo de Russell e que não quer morrer virgem. Mas este “Geography Club” é muito mais do que jovens à procura de sexo. Aqui a amizade está acima de tudo e é através dela que aqui tomamos conhecimento de boas lições de vida, com mensagens que merecem a nossa atenção. O filme até pode tratar-se de uma comédia mas emoção é coisa que não falta e sim! Eu fiquei emocionado com este filme que dá que pensar e vale a pena ver!

Pág. 2/2

Os meus blogs

Calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

  • Anónimo

    o banho tem secções no meu ginasio e por isso nimg...

  • Carlos Lontro

    A minha sobrinha é lésbica mas os meus pais e irmã...

  • Carlos Lontro

    comenta comigo pelo face e eu dote uma ajuda a per...

  • Anónimo

    Muito bom texto. Deixei ontem de trabalhar num e t...

  • Anónimo

    Sou burro kk, quem matou quem? ou foi suicidio?

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.