Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MORE

Num só blog, está tudo aqui! O MORE tem desabafos/opiniões em relação a mim e ao que se passa à minha volta. Tem sugestões de cinema, televisão e não só. E tem mais, muito mais...

14
Jan16

Vamos falar de sexo?

Sim! Vamos falar! Até porque tenho muitas coisas para falar do sexo que tem acontecido na minha vida mas... Não será hoje. Em breve vou relatar alguns momentos que aconteceram comigo, em que o sexo teve todo o protagonismo. Mas isso fica para um outro dia.

Fica atento ao MORE e brevemente vão saber mais...

14
Jan16

Filme | Saint Laurent (Bertrand Bonello_2014)

saint laurent movie 1

 

 

 

Chato! Chato! Muitíssimo chato! Infelizmente é assim que eu consigo caracterizar este filme que só ontem tive a oportunidade de o ver. Ele desde o final do ano que tem passado pelos canais TV Cine e eu sempre tive curiosidade em assisti-lo. E pensava eu que ao ver o filme, estaria perante uma obra de arte como eram as maravilhosas criações do estilista mas infelizmente, o filme "SAINT LAURENT" deixa muito a desejar. Ao longo de mais de duas horas, o filme retrata alguns dos momentos mais emblemáticos da vida do criador, mas o modo como conta esses momentos pessoais e profissionais é feita de uma forma tão insuportavelmente chata que para falar a verdade, eu nem sei como é que consegui chegar até ao final do filme sem mudar de canal, sem desligar a tv, ou até mesmo sem adormecer a meio. Enfim! Já deu para perceber que este filme não é mesmo do meu agrado e não há dúvidas quanto a isso. Nem irá valer a pena assisti-lo uma segunda vez.

 

 

 

Realizado por Bertrand Bonello, realizador que eu desconheço por completo, este "Saint Laurent" é protagonizado pelo jovem Gaspard Ulliel, que aqui interpreta o papel do criador Yves Saint Laurent. E se o filme teve algo de bom, foi sem dúvida a maravilhosa interpretação do actor. Gaspard Ulliel entregou-se de corpo e alma à sua personagem que é quase impossível não ficar fascinado. Seja em momentos de puro silêncio, onde reinava os olhares e os gestos, ou seja em momentos de diálogos, Gaspard teve aqui um desempenho fabuloso. Pena é que depois esse seu desempenho não tenha conseguido fazer com que um mau roteiro, com voltas e reviravoltas no tempo, se tornasse num bom filme. Com certeza, haverá por aí muitas opiniões diferentes da minha, pois ao que parece este filme ganhou e foi nomeado para prémios em alguns festivais de cinema mas... aqui no MORE o que reina é a minha opinião. E nem mesmo com a presença do actor Louis Garrel, um actor francês que eu muito admiro e que já se está a tornar um perito em papéis de homossexual, serviu com que o filme se tornasse mais interessante. Muito pelo contrário! Tirando a personagem de Gaspard Ulliel, que era o protagonista, todas as outras personagens eram muito estranhas. Pareciam que estavam deslocadas na história, enfim...

 

 

 

Gravado na minha box tenho ainda o outro filme do estilista, o "Yves Saint Laurent" do realizador Jalil Lespert, mas depois de ter assistido a este "Saint Laurent", confesso que já estou com um pé atrás em relação ao outro. Será que vai valer a pena assistir? Ou será que irá ser mais do mesmo? Eu lembro-me que quando os filmes estrearam em 2014, lembro-me de ter lido algures que um é melhor do que o outro mas... qual será o melhor? Se vocês tiverem a resposta não hesitem em partilhar esse conhecimento comigo.

 

 

 

saint laurent movie 2

 

 

 

Ah! E para quem está curioso em saber se este filme apresenta algumas cenas de homosexo, sim! O filme tem alguns momentos interessantes, alguns nus frontais mas... serão esses uns bons motivos para quererem ver o filme?

14
Jan16

Rapidinhas (com os motivos da minha ausência)

Desde o último artigo publicado no blog (a 19 de Outubro de 2015) até ao dia de ontem, já se passaram muitos dias e claro, como devem calcular muitas coisas se passaram. Coisas boas, coisas más e também muitas coisas que nem tiveram a mínima importância. Não vai dar para falar agora de todas essas coisas mas pelo menos, para dar-vos um ponto de situação de como vai a minha vida, de forma muito rápida vou relatar algumas das coisas que aconteceram comigo ao longo destes 3 últimos meses em que estive ausente.


 



  • Para começar devo dizer que antes do final do ano de 2015, recebi um grande, grandioso presente. Ganhei mais uma nova sobrinha. Já tinha dois sobrinhos, por quem sou extremamente apaixonado e agora chegou mais uma pequena sobrinha que, apesar de ainda não ter tido a oportunidade de estar junto a ela, pois vive noutro país, tenho já uma grande paixão por ela e tenho também outro grande motivo para estar sempre a sorrir. Pois é! Eu sou mesmo um tio babado e basta pensar nos meus três sobrinhos que o meu coração enche logo de alegria. Tristeza?! Não! A tristeza não tem lugar no meu coração quando penso neles e... o melhor é parar já de falar deles porque se não, não vou conseguir conter-me.


 



  • Falando de outro assunto, eu continuo a trabalhar. Sim! Lembram-se de há uns meses atrás eu ter referido que fui a uma entrevista de trabalho que correu bem e que em Setembro comecei a trabalhar? Pois bem! Eu continuo nesse trabalho e apesar de ser um trabalho puxado, um trabalho que ocupa grande parte do meu tempo e deixa-me completamente esgotado, eu estou a gostar de lá estar. Há certas coisas, como colegas insuportáveis que eu não gosto, mas no geral, gosto do trabalho, sinto que sou valorizado e confesso que tenho uma certa vontade de fazer futuro nesse trabalho. Ou seja, pretendo lá ficar, aprender, subir de cargo e quem sabe, fazer carreira por lá. Por isso sim! Esse é um ponto muito positivo na minha vida. Depois de quatro anos no desemprego, sinto que estou bem num trabalho. Ele praticamente não me dá tempo para mais nada mas não se preocupem, se voltei a dar vida a este MORE, é porque sim, irei dedicar-me ao blog com mais afinco.


 



  • Nestes meses de ausência, tive muitos problemas com o computador e em parte, esse foi o principal motivo pela minha ausência. E como burro velho não aprende, muitas das coisas que tinha guardadas no computador, não estavam nos muitos discos externos que eu tenho. Conclusão: computador avariou e as coisas todas que estavam relacionadas com o blog foram simplesmente à vida. Infelizmente já não é a primeira vez que passo por situações dessas mas é como eu disse, burro velho não aprende e por muito que eu agora grave nos discos externos, um dia irei esquecer-me de gravar algo importante e só quando o computador avariar é que irei lembrar-me disso. Mas acho que agora tenho razões suficientes para achar que o meu computador não vai avariar assim tão cedo.


 



  • Em relação ao Natal e ao Ano Novo eles simplesmente passaram... como todos os outros anos. Não sei se já aqui tinha dito alguma vez mas eu não dou a mínima importância a essas datas. Antes dizia que odiava esses dias mas hoje já nem dou a mínima para o Natal ou Ano Novo. Para mim, são dias iguaizinhos aos outros e por isso, nada de mais há a dizer em relação a eles.


 


E basicamente foram assim esses três últimos meses. Sem grandes novidades, sem grandes acontecimentos (tirando é claro o nascimento da minha sobrinha) e sem muito para contar. Basicamente esta minha ausência deveu-se ao frenético ritmo de trabalho dos últimos meses, coisa que já não estava habituado ao fim de 4 anos parado. Mas agora que as coisas já estão a ficar mais calmas, já vou conseguir passar por aqui mais vezes e muito mais eu tenho para vos contar...


 


E o que era suposto ser uma rapidinha, já se tornou num texto longo. More hugs and more kisses...

14
Jan16

Preciso comprar uma bicicleta...

É verdade! Ando há dias com intenções de comprar uma bicicleta, não só para fazer exercício, como também para facilitar as idas ao trabalho. O que tem impedido de comprar é mesmo o tempo. Não me parece que vá gostar de andar à chuva. E para além do tempo, não tenho encontrado boas ofertas. Aquelas que me parecem realmente boas bicicletas, são também aquelas que são super caras e o meu bolso ainda não consegue suportar essas coisas caras mas... Acho que encontrei a bicicleta ideal para mim. Ora vejam:







Nessa bicicleta eu sentaria o meu rabo com muito gosto, seja ao frio, à chuva e ao vento. Uiiii!! Com essa bicicleta eu não só fazia exercícios como também iria com certeza ao céu e à lua de tanto prazer. E que raiva que eu tenho de uma certa Miley, que pode ter essa bicicleta guardada na sua garagem sempre que quiser. Ai!!! A inveja é uma coisa horrível mas... Enfim! Já nem sei se estou a falar da bicicleta ou do Liam Hemsworth mas o que interessa, é que comecei bem o dia ao ver estas fotos...

Os meus blogs

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Mais sobre mim

Projeto | Eu Sou Gay

Tens algo a dizer?

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Sigam-me no Twitter

Quer ler histórias MORE?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.